Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

REPÓRTER 70

Por Grupo Liberal

Mais tradicional coluna do jornalismo paraense. Aborda temas do cotidiano com atenção especial à economia e aos bastidores da política do Pará e do Brasil. | Twitter: @reporter_70

'Minha 'presidenta' dos sonhos', afirma Anitta sobre Marina Silva

A fala foi feita um dia após a cantora declarar apoio ao ex-presidente Lula

Repórter 70

Hora de quitar dívidas
A Companhia de Habitação do Pará concede até 100% de desconto em juros e multas em débitos de mutuários.

Imunização infantil
A Anvisa liberou, ontem, a aplicação da vacina CoronaVac em crianças de 3 a 5 anos contra a covid-19.

 

(J. Bosco)

 

"Minha ‘presidenta’ dos sonhos.”

Um dia após declarar apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a cantora Anitta afirmou, em rede social, que a ex-senadora Marina Silva (Rede) teria o seu voto caso fosse candidata à Presidência da República. Marina deve concorrer a uma cadeira de deputada federal por São Paulo.

COVID-19

Alerta

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) de Belém registrou, nos primeiros 13 dias deste mês, dez internações de pacientes com covid-19 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Todos os casos que exigiram suporte mecânico para respiração envolveram pessoas que não completaram o esquema de vacinação contra o coronavírus. Entre os internados em UTIs na rede pública municipal, três foram crianças com idade abaixo de um ano e que, por isso, ainda não possuem esquema de vacinação estipulado pelo Ministério da Saúde.

Perfil

Os outros sete pacientes eram idosos acima de 60 anos de idade que haviam tomado somente a primeira ou segunda dose da vacina. Embora o número de diagnósticos da doença tenha voltado a aumentar na capital paraense, ainda são raros os casos graves entre pessoas que tomaram mais de três doses da vacina.

TRANSPORTE

Boato

Duas passageiras que denunciaram um motorista de aplicativo por, supostamente, tê-las dopado com um produto suspeito foram condenadas a indenizá-lo em R$ 20 mil. As denúncias haviam sido feitas em novembro do ano passado através das redes sociais e geraram pânico, especialmente entre as mulheres. Logo, outros relatos começaram a surgir em vários pontos do País, chegando a ser cogitada a existência de uma quadrilha especializada em dopar mulheres, mas tudo não passou de lenda urbana.  

Reputação

A Polícia constatou que o produto suspeito era álcool 70º com essência de canela que não continha substâncias capazes de provocar inconsciência. O caso investigado foi registrado em São Paulo (SP), onde a Justiça entendeu que as acusações geraram dano à reputação do motorista que chegou a ter a conta suspensa do aplicativo. A notícia gerou alívio.

INDÚSTRIA

Queda

A crise do setor imobiliário chinês, que levou à redução da demanda por minério de ferro naquele país asiático, impactou os resultados da indústria extrativa paraense, segundo boletim publicado pela Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa). Em 2021, a queda do setor foi de 3,8% em relação ao ano anterior. O Pará registrou também queda na indústria de transformação, com destaque para áreas como metalurgia, com redução de 33,1% no ano passado, se comparado a 2020. No período, apenas o setor madeireiro apresentou crescimento. A variação positiva foi de 12,1%.

Recuperação

Outro documento divulgado pela Fapespa - intitulado “Conjuntura Econômica Data Pará” - aponta que, em maio deste ano, a atividade industrial paraense apresentou queda de 18,3%, ficando abaixo da média nacional que registrou crescimento de 0,5%. Os dados do Data Pará têm base em informações do Banco Central e confirmam a  tendência de variações negativas. A exceção foi a indústria de transformação com crescimento de 9,9%, acima da média nacional de 1,6%.

CEROL

Recomendação

O corregedor-geral do Ministério Público do Pará (MPPA), procurador de Justiça Manoel Santino, emitiu, ontem, uma recomendação aos membros das promotorias para que “em conjunto com todos os órgãos e entidades integrantes da rede de proteção da infância e juventude reforcem as medidas preventivas às atividades de risco relacionadas ao uso de linhas cortantes, linhas com cerol e linhas chilenas, utilizadas nas atividades de lazer”. A medida é para evitar novos acidentes. Embora proibidas no Estado, essas linhas continuam sendo usadas por quem gosta de empinar pipas ou “papagaio”.

Temor

Na semana passada, uma criança de pouco mais de cinco anos de idade morreu vítima de ferimentos provocados por linha com cerol. O caso foi registrado no município de Ananindeua, que integra a Região Metropolitana de Belém. Com as férias escolares, existe o temor de que aumentem os registros de casos, principalmente em localidades que contam com balneários. Outro perigo nesta época do ano é a prática das atividades que envolvem, por exemplo, o uso de motos aquáticas. A recomendação do Ministério Público é para que sejam estabelecidas áreas específicas nas praias, balneários e orlas para a circulação desses veículos aquáticos.

Em Poucas Linhas

► A Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará (Codec) enviou carta ao reitor da Universidade Federal do Pará, Emmanuel Tourinho, parabenizando a instituição por fazer parte da lista das melhores universidades do mundo, segundo o QS World University Ranking. Divulgado no final do mês passado, o ranking é uma avaliação internacional que coleta dados de universidades em todo o mundo e leva em conta critérios como reputação acadêmica, corpo docente, redes internacionais de pesquisa, entre outros. O documento da Codec foi assinado pelo presidente da entidade, Lutfala Bitar.

► A Universidade do Estado do Pará (Uepa) divulgou, ontem, a primeira lista de repescagem do Processo Seletivo (Prosel) Especial “Forma Pará”/Uepa. Quem estiver na listagem deve se matricular até amanhã, mas a documentação pode ser entregue no período de 18 a 20 deste mês.

► O Governo do Pará anunciou, ontem, que a quarta dose da vacina contra a covid-19 já está disponível em todo o Estado para pessoas com 40 anos de idade ou mais. O reforço pode ser aplicado em quem tomou a terceira dose há pelo menos quatro meses. Para ser atendido nos pontos de imunização é preciso levar a cédula de identidade e o comprovante de vacinação.

► A Secretaria de Estado de Comunicação do Governo do Pará negou que estaria havendo isolamento de pacientes e acompanhantes no Hospital Estadual “Abelardo Santos” em virtude de uma nova onda de covid-19. A falsa notícia circulou nas redes sociais na manhã de ontem. A Secretaria de Estado de Saúde do Pará também garantiu que se trata de fake news e que não há impedimento de entrada e saída de acompanhantes no hospital.

Palavras-chave

Repórter 70
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!