REPÓRTER 70

Por Grupo Liberal

Mais tradicional coluna do jornalismo paraense. Aborda temas do cotidiano com atenção especial à economia e aos bastidores da política do Pará e do Brasil. | Twitter: @reporter_70

Extremismo só pode ser vencido com ampla união nacional, defende o ministro da Justiça, Flávio Dino

Repórter 70

Alta procura

No primeiro dia de funcionamento da Usina da Paz no bairro do Guamá, ontem, mais de 500 pessoas foram atendidas.

Redes sociais

Jair Bolsonaro atualizou a descrição de seus perfis. Agora se apresenta como “38º Presidente da República Federativa do Brasil”

image Flávio Dino (J. Bosco)

"Nós reiterarmos que extremismo só pode ser vencido, como nós desejamos, com ampla união nacional.” 

FLÁVIO DINO, ministro da Justiça e Segurança, após devolver à presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Rosa Weber, réplica da Constituição Federal que foi levada por vândalos no domingo (8).  

DÍVIDA

SAÚDE 

A Organização Social Instituto Social Mais Saúde está devendo os médicos e as empresas que prestaram serviço no Hospital Municipal de Santarém e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas. A organização social geriu as unidades de Santarém até 31 de dezembro passado, e agora as empresas médicas denunciam que só receberam cerca de 60% dos valores referentes ao mês de novembro. De acordo com a secretária de saúde do município, Irlaine Figueira, a OS Mais Saúde recebeu da Prefeitura de Santarém o valor integral do mês de novembro para quitar a dívida com os profissionais de saúde.

RISCO

O assunto da falta de pagamento desses profissionais foi pauta da reunião entre a diretora do Sindicato dos Médicos do Estado do Pará (Sindmepa) em Santarém, Nástia Irina, e o Conselho Municipal de Saúde, na qual foi discutido o que já pode ser um calote a várias empresas pela OS Mais Saúde. Na ocasião, a secretária Irlaine Figueira informou que o município já estava cobrando explicações sobre o motivo do atraso dos pagamentos, uma vez que o repasse à OS foi realizado em sua integralidade. Essas explicações, no entanto, ainda estão sendo aguardadas pelo Sindmepa, para que a entidade possa tomar as providências cabíveis.

PORTARIA

DEFESA

A Defensoria Pública do Estado do Pará publicou uma portaria determinando a atuação de um defensor do órgão em Brasília, na defesa das pessoas residentes no Estado do Pará que se encontram presas na capital federal, respondendo a processos criminais em razão da participação nos atos ocorridos no último dia 8, em que manifestantes radicais invadiram a Praça dos Três Poderes e vandalizaram o patrimônio público no Palácio do Planalto, no Congresso Nacional e no Supremo Tribunal Federal (STF).

DESIGNADA

A portaria da Defensoria foi assinada pela defensora-geral em exercício, Mônica Palheta Belém Dias, designando para a missão a defensora pública Anelyse Santos de Freitas, que deverá atuar em conjunto com a Defensoria Pública do Distrito Federal e a Defensoria Pública da União.

PROTOCOLADO

PEDIDO

Os sindicatos dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Pará (Sindsaúde-PA), dos Servidores Públicos de Goianésia do Pará (Sindspgp) e dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp) resolveram, em reunião na última quarta-feira, cobrar do prefeito do município de Goianésia do Pará, Francisco David Leite Rocha, reunião urgente para tratar dessas duas áreas estratégicas. Ao final, protocolaram um pedido de reunião em caráter de urgência com o prefeito. A pauta deverá tratar prioritariamente de concursos públicos nas áreas de saúde e educação. Os representantes das três entidades deixaram a data a critério da agenda do gestor, mas esperam celeridade diante da situação crítica, em Goianésia, nesses dois setores públicos essenciais.

PIB

PANDEMIA

Um estudo feito por técnicos da Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa) sobre os resultados de 2020 no Produto Interno Bruto (PIB) do Pará evidencia que os efeitos da pandemia de covid-19 sobre as economias municipais variaram de acordo com a importância das suas atividades de serviços, sobretudo as presenciais, sendo estas as mais afetadas pelas medidas de isolamento social e queda das demandas. Em 2020 o Pará apresentou um PIB de R$ 215,94 bilhões, número que representou avanço de 0,4 ponto percentual na sua participação na economia nacional, com alcance de 2,8%, passando a ocupar a 10ª posição relativa, deixando para trás o estado de Pernambuco.

EXTREMOS

Outro dado relevante é que somados, os municípios de Belém, Parauapebas, Canaã dos Carajás, Marabá, Ananindeua, Barcarena e Santarém alcançaram 58% do PIB total do Estado, com 35% da população. Já os outros 137 municípios do Pará corresponderam com 42% do PIB e 65% da população, o que ainda evidencia grandes diferenças econômicas entre os municípios paraenses.  

EM POUCAS LINHAS

- Após pagamento às organizações sociais (OS) dos débitos pendentes na gestão das UPAs, a Secretaria Municipal de Saúde de Belém (Sesma) informou ontem que, também nessas unidades, os atendimentos já estão normalizados.

- A Sesma levará hoje vacinação de cães e gatos para a inauguração da primeira praça pet com Wi-Fi de Belém, no bairro Reduto, às 10h.

- Durante a inauguração também serão anunciadas as construções de outras três praças pet.

- Deu casa cheia no encontro de homenagem ao senador Paulo Rocha (PT), realizado ontem, no Hotel Sagres. Ele encerra no final deste mês seu mandato no Senado.

- Rocha negou novamente que seja candidato a prefeito de Belém. Apesar de afirmar que ainda não sabe exatamente qual caminho seguirá após o fim do mandato, disse que a única certeza é que ele seguirá na política.

- Uma parceria estabelecida entre o International Finance Corporation (IFC), do Banco Mundial, e a prefeitura de Belém, vai apoiar um projeto que visa promover construções sustentáveis na região amazônica.

- O projeto é intermediado pelo Sinduscon Pará e pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). Aliás, pelo projeto, o presidente do Sinduscon no Estado, Alex Carvalho, recebeu a comenda “Francisco Caldeira Castelo Branco”, nas comemorações do aniversário da capital paraense.

- Será retomado na segunda-feira (16) o atendimento ao público na unidade Estação Cidadania do Shopping Metrópole, em Ananindeua, suspenso desde ontem para manutenção corretiva dos computadores da unidade.

- O carnaval de Soure, no Marajó, já deverá sentir o resultado do projeto “Praia Limpa”, que será adotado como prática nas praias do Pesqueiro e Barra Velha, as mais acessadas.

- O projeto prevê a comercialização do lixo reciclável por catadores credenciados, lixeiras nas praias e campanha de conscientização para atitudes positivas de visitantes e da população local.

Palavras-chave

Repórter 70
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!