Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

REPÓRTER 70

twitter.com/reporter_70

Mais tradicional coluna do jornalismo paraense. Aborda temas do cotidiano com atenção especial à economia e aos bastidores da política do Pará e do Brasil.

"'É só um desenho, nada demais'. Vai nessa que vai ver onde vamos parar", diz Maurício, do vôlei

O jogador postou a frase numa rede social para criticar a editora DC Comics que anunciou que, em uma futura história de quadrinhos, o personagem filho do Super-Homem vai se descobrir bissexual

Repórter 70

Prepare o balde!
Dez bairros do município de Santarém ficarão sem água de hoje até sexta-feira. Motivo: conserto de vazamento na rede.

Turismo em alta
Os consulados dos Estados Unidos no País voltarão a emitir vistos de viagens para os brasileiros a partir de 8 de novembro.

 (J.Bosco)

"Ah, é só um desenho, não é nada demais’. Vai nessa que vai ver onde vamos parar.”

A frase é do jogador Maurício Souza do time masculino de vôlei do Minas Tênis Clube e foi postada pelo atleta numa rede social para criticar a editora DC Comics que anunciou que, em uma futura história de quadrinhos, o personagem filho do Super-Homem vai se descobrir bissexual. Por pressão de patrocinadores do clube, o Minas afastou Maurício após o comentário homofóbico. O atleta também atua na seleção brasileira de vôlei masculino.

ACP

Avanço

A empresária Beth Grunvald será a primeira mulher a presidir a Associação Comercial do Pará (ACP) em mais de 200 anos de história. A ACP é a segunda entidade empresarial mais antiga do Brasil. A eleição está marcada para abril de 2022, mas o conselho superior já aprovou, por unanimidade, a candidatura de Beth proposta pela diretoria, hoje comandada por Clóvis Carneiro. Os mandatos na ACP são de dois anos com direito a reeleição.

EDMILSON

Melhora

Em boletim divulgado, ontem à tarde, a equipe médica que acompanha o prefeito de Belém Edmilson Rodrigues (PSol) manteve a previsão de alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para hoje, ou seja, 48 horas após o procedimento cirúrgico a que ele foi submetido na segunda-feira, 25. Segundo os médicos, o prefeito manteve os sinais vitais normais, sem sangramentos e sem necessidade de auxílio para respirar. Edmilson continuará internado, mas poderá seguir com o tratamento fora da UTI, em leito clínico. Ontem, ele fez exercícios e uma leve caminhada.

OAB-PARÁ

Repúdio

Seis organizações da sociedade civil paraense publicaram uma nota de repúdio à candidatura do advogado Eduardo Imbiriba à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Estado do Pará. Imbiriba encabeça a chapa “OAB Sempre à Frente”. De acordo com a nota, a candidatura “fere todos os princípios que defendemos, as leis pelas quais lutamos, a humanidade por que tanto batalhamos”. Assinam a nota que circula nas redes sociais o Comitê Dorothy Stang, as Irmãs de Notre Dame de Namur, o Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Sem Terra, o Centro Alternativo de Cultura, a Comissão Pastoral da Terra e a Sociedade Paraense de Defesa dos Direitos Humanos. A eleição para a OAB do Pará será no dia 18 de novembro. Duas chapas estão na disputa.  

AUTISMO

Debate

Os procedimentos dos planos de saúde para atender pessoas com autismo serão o tema central da sessão especial de hoje na Assembleia Legislativa do Pará. Os deputados vão pedir explicações sobre as adequações feitas, até o momento, pelas operadoras para atender à resolução publicada neste ano pela Agência Nacional de Saúde (ANS).

Tratamento

A medida determina que os planos de saúde garantam sessões com psicólogos, terapeutas ocupacionais e fonoaudiólogos para o tratamento/ manejo do Transtorno do Espectro Autista. No Pará, cerca de 150 mil pessoas precisam desses atendimentos, segundo a Coordenação Estadual de Políticas para Autismo. A iniciativa é do deputado Miro Sanova (PDT).

JURÍDICO

Polêmica

A “Semana Jurídica” do Centro Universitário do Estado Pará (Cesupa) se tornou palco de uma polêmica. Entre os trabalhos aceitos para apresentação no evento acadêmico, um se tornou alvo de críticas da comunidade LBTQIA+ e do próprio Centro Acadêmico de Direito do Cesupa. Intitulado “A inconstitucionalidade do reconhecimento civil das uniões homossexuais no Brasil: uma crítica à ADI 4.277 e à ADPF 132”, o trabalho argumenta que as uniões homoafetivas não constituem uma família.  “Uma diferença ontológica separa as uniões heterossexuais das uniões homossexuais. A primeira é teleologicamente ordenada à procriação e à educação de crianças, havendo, portanto, interesse público na sua proteção. A segunda tem por finalidade apenas a busca pelo prazer sexual, inexistindo, portanto, interesse público em sua tutela e reconhecimento, mas tão somente interesses de ordem privada”, argumentam os autores do trabalho.

Argumentos

Em nota divulgada nas redes sociais, o Centro Acadêmico de Direito condenou o aceite do trabalho no evento. “Acreditamos que não haja espaço na academia e na produção científica para a aprovação de trabalhos de eventos acadêmicos com conteúdos que argumentem contra a garantia desses direitos arduamente angariados”, diz trecho da nota. Também via redes sociais, os autores do trabalho - Lucas e Gabriel Klautau Miléo - afirmam que o aceite atende ao princípio da liberdade de expressão. “Reitero que nossa análise é puramente técnica e respeitosa. O tempo onde somente a extrema-esquerda tinha voz nas universidades acabou”, disse Gabriel.  

EM POUCAS LINHAS

► O engenheiro da Universidade Federal do Pará, Hito Braga de Moraes, é o mais novo integrante do conselho de administração da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Pará.

► Um projeto de lei aprovado, ontem, na Assembleia Legislativa do Pará, obriga as empresas concessionárias e cooperativas que exploram os serviços de transporte de passageiros hidroviários a adaptarem as embarcações para permitir o acesso integral às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, como idosos e gestantes. O autor do projeto foi o deputado estadual Hilton Aguiar (DEM). A proposta segue agora para sanção do governador Helder Barbalho.

► Quarenta e quatro municípios paraenses vão receber coletes à prova de balas. Os equipamentos serão destinados para guardas e agentes de trânsito. A entrega será feita pela Secretaria de Estado de Segurança Pública. Ao todo, são 1,4 mil coletes. O investimento total foi de R$ 2 milhões.

► Servidores públicos do Estado receberão, amanhã, a segunda parcela do 13º salário. A data foi escolhida por celebrar o “Dia do Servidor Público”.

► Nos municípios do sul e sudeste paraenses, o preço do litro da gasolina ultrapassou a barreira dos R$ 7. Na capital paraense, foram registradas filas nos postos de combustíveis por todo o dia de ontem. A corrida dos condutores era para abastecer o tanque dos veículos antes que o novo reajuste de 7% chegue às bombas.

► Será no dia 11 de novembro, a estreia, no portal OLiberal.com, da série original “Somente a Verdade: Histórias de Polícia”. A primeira temporada da série terá  cinco episódios, sendo um por mês. O primeiro deles será “São José e os Libertos: a História de Ninja”, que contará a trajetória de José Augusto Viana Davi, o assassino que acabou morto durante uma rebelião no então presídio “São José”.

Palavras-chave

Repórter 70
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!