Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

REPÓRTER 70

Por Grupo Liberal

Mais tradicional coluna do jornalismo paraense. Aborda temas do cotidiano com atenção especial à economia e aos bastidores da política do Pará e do Brasil. | Twitter: @reporter_70

'Dom e Bruno, agora na vida eterna, podem ter certeza de que, daqui, seguiremos na luta'

A fala é do Pastor Henrique Vieira ao comentar os assassinatos do jornalista e indigenista mortos no Vale do Javari

Repórter 70

Análise de doença
O Laboratório de Enterovírus do Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz) será referência em diagnóstico da varíola dos macacos no País.

Estímulo ao esporte
Projeto na Câmara destina parte da arrecadação de loterias federais para premiar alunos com destaque em jogos escolares.
 

Pastor Henrique Vieira (J.Bosco)

 

"Dom e Bruno, agora na vida eterna, podem ter certeza de que, daqui, seguiremos sua luta pela Amazônia”

PASTOR HENRIQUE VIEIRA, ao comentar sobre os assassinatos do jornalista inglês Dom Phillips e do indigenista brasileiro Bruno Pereira, no Vale do Javari, Amazonas. Segunda maior terra indígena do País, a região é palco de conflitos recorrentes na Amazônia, como o desmatamento e a pesca ilegal.

COMBUSTÍVEIS

IMPOSTO
 
A Confederação Nacional de Municípios (CNM) convocou prefeitos de todo Brasil para monitorar os preços dos combustíveis nas bombas. O objetivo é avaliar o real impacto do Projeto de Lei Complementar aprovado pela Câmara, limitando o ICMS dos combustíveis ao teto de 17%. Na convocação, a Confederação pede que gestores tirem fotos dos preços dos combustíveis antes e depois da mudança no imposto, “a fim de que seja possível analisar quanto desse impacto de fato retornará à população brasileira”. O governo federal tem argumentado que um dos motivos para a alta nos preços dos combustíveis seria a carga tributária, versão que é contestada pelos governadores e prefeitos.

MAPAS

ANTIGOS
 
Um total de 1.453 mapas antigos ganhou acesso digital na Base de Dados da Pesquisa Agropecuária, trabalho desenvolvido pela equipe da Biblioteca Milton de Albuquerque, da Embrapa Amazônia Oriental, de Belém. Os mapas foram produzidos entre os anos de 1939 e 1975, pelo Instituto Agronômico do Norte (IAN), Instituto de Pesquisas e Experimentação Agropecuárias do Norte (Ipean) e Centro de Pesquisa Agropecuário do Trópico Úmido (Cpatu), que precederam a Embrapa, no Pará. O material pode ser acessado gratuitamente no site da instituição. Entre as obras já disponíveis está a Carta de Solos da Amazônia, de autoria do pesquisador Ítalo Falesi, datada de 1965, uma referência que registra a história da ocupação da região.

LUZ

PREMIAÇÃO
 
A obra “Amazon Bus Station”, que está no Centro de Inclusão e Reabilitação, na avenida Arthur Bernardes, em Belém, foi a vencedora do Lighting Design Awards, na categoria Iluminação Urbana. O anúncio dos vencedores foi feito no Museu da Acrópole de Atenas, na Grécia.

INCENTIVO

O LIT é uma organização internacional que incentiva a inovação em design de iluminação. O projeto premiado foi desenvolvido pelos arquitetos Fernando Andrade e Leonardo Alves. A obra recebeu a distinção máxima da premiação que, neste ano, reuniu 650 projetos de 56 países. Os dois arquitetos fazem parte do grupo de parceiros do município de Belém encarregado de desenvolver projetos especiais.

ALERTA

CHIKUNGUNYA
 
O Brasil registrou até o início de junho um pequeno aumento no número de casos de dengue, em torno de 8%, mas as preocupações para combater o Aedes aegypti  vão bem além desse percentual. É que o mosquito transmite outras doenças, como a chikungunya, que teve aumento de casos superior a 95,7% nas 22 primeiras semanas do ano, em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados são do boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde.
 
TAXAS
 
De acordo com o documento, foram registrados entre o início de janeiro e o fim de maio, 108.730 casos prováveis de chikungunya, o que significa uma taxa de incidência de 51 casos por 100 mil habitantes no Brasil. Em comparação com o ano de 2019, houve aumento de 35,2% de casos registrados para o mesmo período analisado.

FESTAS

BARULHO
 
O período de festas juninas é de alegria e festa, mas alguns acabam exagerando no volume do som fora do horário permitido por lei, o que tem feito aumentar o número de reclamações contra o desrespeito à lei do silêncio. Bairros como Pedreira e Jurunas estão entre os campeões de queixas. O problema é que, para muita gente que liga para a polícia, a resposta é quase sempre a mesma: faltam equipes para conferir o problema e que não há o que fazer.     

VISITA

PRESIDENCIÁVEL
 
Depois do presidente Jair Bolsonaro, que disputa a reeleição, e esteve na capital paraense na última sexta-feira, Belém recebeu no domingo o pré-candidato do PROS, Pablo Marçal. Ele desembarcou na cidade no início da noite de domingo para encontro com correligionários. Belém foi a oitava cidade a ser visitada por Marçal. Hoje, o pré-candidato terá agendas em Roraima e Amazonas.

Em Poucas Linhas

► A Confederação Nacional da Indústria (CNI) marcou para o próximo dia 29 encontro, em Brasília, com os pré-candidatos à presidência da República. No evento, vai apresentar as propostas do setor para concorrentes ao Palácio do Planalto. A entidade quer também ouvir os candidatos sobre as propostas “para aumentar a produtividade das empresas e estimular o crescimento sustentado da economia brasileira”.
 
► Será aberto hoje o 1º Encontro de Guardas Municipais do Brasil. O encontro é promovido pela Prefeitura de Belém e marca os 30 anos de criação da Banda da Guarda Municipal da capital paraense. O evento vai reunir guardas músicos de vários Estados e municípios brasileiros. A programação será encerrada no dia 27 de junho, com um concerto no Theatro da Paz.
 
► Ministério Público do Trabalho no Pará e Amapá, Agência da ONU para Refugiados e Ministério Público do Pará, assinaram, na semana passada, memorando de cooperação para a realização conjunta de ações que tenham como objetivo a inserção socioprodutiva, combate ao racismo e xenofobia, e garantia dos direitos  dos refugiados. Ainda como parte do memorando, a Agência da ONU para Refugiados vai realizar cursos de capacitação para procuradores, parceiros, servidores do Ministério Público do Trabalho e do Ministério Público Estadual-PA sobre temas relativos à proteção de refugiados.  
 
► O Banco da Amazônia, que acaba de completar 80 anos, aguarda a decisão do Governo Federal para realizar a nomeação de dois novos diretores. Os nomes são oriundos do quadro técnico da instituição e passaram por um rigoroso processo seletivo antes de serem submetidos à Casa Civil, em Brasília, que deverá, em breve, ratificar as indicações.

Palavras-chave

Repórter 70
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!