Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Repórter 70

Por Rita Soares

Mais tradicional coluna do jornalismo paraense. Aborda temas do cotidiano com atenção especial à economia e aos bastidores da política do Pará e do Brasil.

"Bolsonaro, quando é que você vai assumir a responsabilidade, parar de brincar e governar o país?”

Frase do ex-presidente Lula foi disparada ontem (1º) durante entrevista a uma emissora de rádio de São Paulo. Para ele, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) precisa ouvir os especialistas da saúde, economia e educação e outros setores para encontrar as soluções para os problemas do Brasil

J. Bosco

Pressa para vacinar
Nove Estados entregam à Anvisa pedido de importação da vacina russa Sputnik V. O imunizante ainda está sob análise da agência.

Para vender o estoque
Hoje deve ter promoção de ovos de Páscoa nos pontos de vendas de Belém. A redução de preço é para atrair os consumidores.

Luís Inácio 'Lula' da Silva (J. Bosco)

"Bolsonaro, quando é que você vai assumir a responsabilidade, parar de brincar e governar o país?”

Foi o que disse, ontem, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante entrevista a uma emissora de rádio de São Paulo. Para ele, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) precisa ouvir os especialistas da saúde, economia e educação e outros setores para encontrar as soluções para os problemas do Brasil.

SERMÃO

Tema

O vigário episcopal da Região Santana, Roberto Emílio Cavalli Júnior, passou os últimos dias recolhido preparando o “Sermão das Sete Palavras”, uma das mais tradicionais cerimônias da Semana Santa no Brasil, realizado há 142 anos, em Belém, sempre na capela do Colégio Santo Antônio. Cavalli não deu detalhes sobre o documento, mas disse que manterá a tradição de refletir sobre as sete mensagens que, segundo a tradição cristã, foram deixadas por Jesus Cristo nas três horas de agonia, da crucificação à morte. Ao mesmo tempo, como já ocorreu em anos anteriores, o sermão deve abordar temas da atualidade e, neste caso, certamente a pandemia de covid-19 e a necessidade de um mundo mais solidário.            

VACINAS

Apelo

Em reunião com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a Frente Nacional de Prefeitos pediu que sejam incluídos representantes de Estados e municípios no Comitê de Coordenação Nacional de Combate à Covid-19. Vice-presidente do Consórcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras (Conectar), o prefeito de Belém, Edmilson Rodrigues, reforçou a importância de estreitar conversas com os Estados Unidos para que o Brasil seja incluído na remessa de distribuição de vacinas, já que os norte-americanos estão com excedente de imunizantes. O Conectar já reúne gestores de 2.602 municípios.
 
Ajuda

Na segunda-feira, 29, os prefeitos de oito cidades brasileiras, incluindo Edmilson Rodrigues, divulgaram vídeo em que pedem ajuda internacional para o combate à covid-19. A peça, produzida pela Frente Nacional de Prefeitos, tem legenda em inglês e foi divulgada no exterior. No vídeo, os prefeitos pedem ajuda para conseguirem vacinas, leitos, oxigênio, testagem gratuita e apoio às populações vulneráveis. A meta do consórcio é comprar 20 milhões de vacinas para acelerar o processo de vacinação no Brasil.
 
 LEI DE LICITAÇÕES
Vetos

O presidente Jair Bolsonaro sancionou com vetos a nova Lei de Licitações. A sanção foi publicada, ontem à noite, em edição extraordinária do Diário Oficial da União. Um trecho que previa condições especiais em leilões que envolvam empréstimos de agência oficial de organismos internacionais foi vetado. O texto aprovado pelo Congresso previa que uma autoridade superior poderia autorizar as condições especiais na contratação mediante despacho, mas o Palácio do Planalto entendeu que a medida contraria o interesse público.
 
IGEPREV
Retomada

O Instituto de Gestão Previdenciária do Pará (Igeprev) retornará na segunda-feira, 5, os atendimentos presenciais. Os segurados devem fazer o agendamento pelo site do órgão. Para reduzir os riscos de contaminação pelo novo coronavírus, o presidente do Igeprev, Giussepp Mendes, determinou a redução de pessoas na sede do instituto e do número de atendimentos diários, além de reforçar as medidas preventivas, como a distribuição de álcool gel e máscaras.

Mudança

Ainda como estratégia de enfrentamento à pandemia, Giussepp modificou a forma de atendimento ao público em setores estratégicos do Igeprev. Na Diretoria de Previdência, Coordenadoria de Cadastro e Habilitação e Coordenação de Concessão de Benefícios, o contato com os segurados será feito apenas de forma remota, por videoconferência, havendo necessidade de agendamento que deve ser feito pelo site. Giussepp garante que, desde o início da crise sanitária, o Igeprev vem implantando estratégias de atuação para continuar garantindo os serviços previdenciários, sem oferecer risco à saúde de servidores e segurados.
 
IMPULSO

O Grupo Liberal anunciou que vai distribuir R$ 500 mil em mídia para divulgar os pequenos negócios. Essa foi uma das formas encontrada para contribuir com o Estado neste momento em que as micro e pequenas empresas enfrentam sérias dificuldades por causa das medidas restritivas contra a pandemia de covid-19. Os anúncios serão veiculados em O LIBERAL, portal OLiberal.com e jornal Amazônia que integram o maior grupo de comunicação do Norte do Brasil. As peças do projeto “Continue Vendendo” serão criadas por alunos do curso de Publicidade da Universidade da Amazônia (Unama) e da Estácio, que são parceiras do projeto.

EM POUCAS LINHAS

► A Ordem dos Advogados do Brasil no Pará anunciou, ontem, que, com o fim do lockdown na Região Metropolitana de Belém, voltará a prestar atendimento presencial a partir de segunda-feira, 5.

► A Casa da Advocacia “Dr. Clóvis Malcher” estará aberta das 8h às 15h e é necessário agendar o atendimento.

► Já a Casa da Advocacia Trabalhista “Glairson Figueiredo” permanecerá fechada.

► O acordo entre lojistas e trabalhadores do comércio alterou o funcionamento dos shopping centers no feriado da Sexta-Feira Santa. As lojas que, segundo anúncio anterior ficariam fechadas, abrirão hoje, das 11h às 20h.

► O Pará abateu quase dois milhões de cabeças de gado em 2020; boa parte destinada à exportação.

► Cerca de 200 mil desses animais foram abatidos em pequenas cidades e povoados, sem qualquer controle de qualidade da carne.

► Como o preço da arroba do boi disparou, o abate de aves pulou de 50 milhões para quase 70 milhões de unidades.

► O aumento dos casos de covid-19 fez crescer a procura por fisioterapeutas. Muitos pacientes em recuperação exigem acompanhamento desses profissionais para exercícios de fortalecimento do sistema respiratório.  

► Foi sancionada a nova lei que determina que bares, restaurantes e casas noturnas adotem medidas de segurança a mulheres que se sintam em situação de risco nesses estabelecimentos.

► O projeto que deu origem à lei é de autoria do deputado estadual Carlos Bordalo (PT).

► A Prefeitura de Belém divulgou, ontem, que 241.847 pessoas (16% da população) já receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19.

► Infelizmente, a corrupção é a maior aliada da pandemia de covid-19.

Repórter 70
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!