REPÓRTER 70

Por Grupo Liberal

Mais tradicional coluna do jornalismo paraense. Aborda temas do cotidiano com atenção especial à economia e aos bastidores da política do Pará e do Brasil. | Twitter: @reporter_70

'Bolsonarismo mais radical tem, no máximo, 10% de eleitores', diz Rodrigo Maia

Repórter 70

A pedido da OAB

O Ministério da Educação suspendeu processos de autorização e renovação de cursos de Direito a distância no país.

Novos ares

A Azul inicia venda de passagens de voo direto entre Belém e a Flórida.
As operações começam em dezembro.

Rodrigo Maia (J. Bosco)


 

 

"Bolsonarismo mais radical tem, no máximo, 10% de eleitores”

RODRIGO MAIA, presidente da Câmara no início do governo de Jair Bolsonaro, o deputado federal (PSDB-RJ) afirma que, se eleito, Lula terá de isolar  o extremismo tanto da direita quanto  da esquerda para procurar tentar reconciliar o país.

TEATRO

HOMENAGEM
 
Em acordo judicial, envolvendo uma dívida de tributos, a Prefeitura de Belém recebeu um imóvel na praça do Carmo que passou a servir de sede do Teatro Municipal “Nazareno Tourinho”. O nome é uma homenagem ao escritor e teatrólogo, que morreu em 2018. Tourinho foi autor de peças de sucesso como “Nó de Quatro Pernas”, “Fogo Cruel em Lua-de-Mel” e “Lei é Lei e Está Acabado”.

 
PALACETE

ANEXO
 
Falando em patrimônio histórico da capital, após ser repassado para Secretaria Municipal de Educação (Semec), o Palacete Pinho ganhará um anexo. O imóvel que pertence à artista plástica Dina Oliveira será desapropriado e vai ser anexo ao complexo onde passará a funcionar o Liceu de Artes de Belém.  

 
ELEIÇÕES 2022

BANDEIRAS
 
Em tempos de redes sociais continua firme e forte a prática de “bandeiradas” e entrega de panfletos nas ruas das principais cidades do Pará. A média de pagamento das diárias varia de R$ 20 a R$ 50. A maioria das pessoas envolvidas nessas funções é formada por mulheres. Ainda em outubro, a Fundação Verde Herbert Daniel e Eco Amazon, ambas ligadas ao PV, farão uma pesquisa para levantar o perfil exato dessas trabalhadoras. A ideia é que, após as eleições, diferentes partidos se unam para criar alternativas de renda para quem tanto colabora com os candidatos durante a campanha eleitoral, mas que após a eleição, acaba esquecida.  

 
ANTIBIÓTICO

FALTA

 
O alerta já foi dado, mas a situação só piora para quem procura nas farmácias de Belém, antibióticos como Amoxicilina, por exemplo, para tratar infecções por bactérias. O suplício tem exigido que os pacientes retornem aos seus médicos, às vezes até três retornos, para a indicação de outros medicamentos.

PREOCUPAÇÃO

Em alguns casos a saída tem sido manipular os princípios do medicamento em falta. O problema tem atingido, especialmente, pais que sofrem com crianças doentes nestes tempos de forte calor, chuvas repentinas e alta umidade, causa do aumento de problemas respiratórios.

EDUCAÇÃO

INCLUSÃO
 
Com prefácio da procuradora regional da República e uma das pioneiras na defesa da educação inclusiva, Eugênia Augusta Gonzaga, foi lançado no último dia 21, data dedicada à pessoa com deficiência, o livro “Pela inclusão: os argumentos favoráveis à educação inclusiva e pela inconstitucionalidade do decreto número 10.502 de 2020”. A norma é contestada por defensores da educação inclusiva porque prevê a matrícula de crianças e adolescentes com deficiência em classes e instituições especializadas, o que se tornaria um fato de segregação desses estudantes. O livro está disponível gratuitamente na internet.  
 
PARAENSES
 
A publicação reúne 30 artigos com argumentos jurídicos e pedagógicos favoráveis à educação inclusiva, escritos por representantes de organizações que participaram, em agosto de 2021, como amicus curiae, do julgamento, junto ao Supremo Tribunal Federal, da ação direta de inconstitucionalidade que questionava o decreto. Do Pará, participaram o procurador do Estado, Waldir Macieira; o procurador da República, Felipe de Moura Palha e Silva; e  Sandoval Alves da Silva, do Ministério Público do Trabalho.
 

ADVOGADOS

DIFICULDADES
 
A Ordem dos Advogados do Brasil no Pará (OAB-PA) pediu a suspensão e revogação de ato administrativo das Varas de Família da capital que, segundo a entidade, estaria impedindo os advogados de exercerem livremente a profissão. O ato afixado nos balcões de atendimento informa que a Unidade de Processamento Judicial das Varas de Família da capital não realiza mais a conclusão dos autos, sob a justificativa que esta só pode ser realizada com determinação do magistrado que responde pela Vara. A OAB-PA argumenta que não existe “explicação plausível para a adoção da medida, que está prejudicando os profissionais que realizam suas diligências para acelerar o andamento processual”.

EM POUCAS LINHAS

  • A Secretaria Municipal de Urbanismo de Belém já recebeu mais de 40 pedidos de praticáveis, palcos e estruturas para o Círio. Os pedidos são feitos principalmente por veículos de imprensa locais e nacionais, além de produtoras e outras empresas que pretendem produzir imagens da procissão considerada a maior do mundo católico.
  •  
  • Setembro é o mês de conscientização pelo Dia Mundial da Doença de Alzheimer.
  •  
  • Embora previsto em lei, o Pará ainda não tem programa específico para a prevenção e tratamento específico das pessoas acometidas pela enfermidade. A lei número 9.309, de autoria do deputado Raimundo Santos (PSD), completou um ano de publicação no Diário Oficial do Estado (DOE) no dia 13 deste mês.
  •  
  • O Tribunal de Contas dos Municípios do Pará divulgou uma série de ações voltadas às Pessoas com Deficiência (PCDs).
  •  
  • Entre elas, a contratação de 30 pessoas com deficiência auditiva e a reserva de vagas para PCDs nos próximos concursos públicos.
  •  
  • O órgão anunciou também que passará a ofertar curso de Libras para membros, servidores e estagiários.
  •  
  • Será realizada hoje mais uma edição da Grande Coleta de Emaús. Os caminhões vão percorrer 12 bairros de Belém entre 7h e 17h.
  •  
  • Além da coleta porta a porta, as doações podem ser entregues na Escola Salesiano do Trabalho, à avenida Pedro Miranda, e na sede do Movimento República de Emaús, à avenida Bruno Sechi, no bairro do Benguí, em Belém.
  •  
  • Podem ser doados artigos de cama, mesa e banho, roupas, papel, móveis, louças, eletrodomésticos, eletrônicos, instrumentos musicais, material de informática e brinquedos.
  •  
  • Não serão recebidas fitas VHS, pilhas, baterias, estofados sem condições de uso, vidros e peças de aglomerados.  

Palavras-chave

Repórter 70
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!