Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Família foi grande tema da pregação na Basílica para a Descida do Glória

Cerca de 400 pessoas participaram da missa, dentro da Basílica, e centenas de outros fieis acompanharam do lado de fora

Emanuele Corrêa

Os cuidados com a família foram o tema central da pregação feita na manhã deste sábado (9) na Basílica Santuário de Nazaré, em Belém, antes da cerimônia da Descida da Imagem Original do Glória, uma das mais aguardadas do Círio.   

A praça Basílica Santuário já somava grande movimentação na manhã deste sábado (9), antes do início da celebração, às 10h30. Cerca de 400 pessoas participaram da missa, dentro da Basílica, e centenas de outros devotos acompanharam a certimônia do lado de fora. O governador Helder Barbalho também foi à pregação, acompanhado da primeira dama, Daniela Barbalho.

LEIA MAIS:
Cerimônia da descida do Glória marca a manhã do sábado de Círio

Protocolos quebrados: imagem chegou a ser levada às escadarias (Ivan Duarte)

A agenda é uma das mais esperadas do Círio, que marca a descida da Imagem Original achada por Plácido do Altar do Glória. A descida, marcada para as 11h30, é de grande emoção para muitos fieis: representa o encontro com a imagem original de Nossa Senhora. 

Na pregação inicial, D. Antônio refletiu sobre o tema do Círio 2021: "O evangelho da família na Casa de Maria". O bispo ressaltou: "A família tem a missão de se tornar aquilo que é: comunidade de vida e amor. Onde se preserva, cuida e educa para a vida", disse o bispo auxiliar.

Dom Antônio: 'Jesus na casa de Maria é o Evangelho, a boa nova' (Ivan Duarte / O Liberal)

"Evangelho quer dizer boa notícia. Então, se Jesus Cristo é o Evangelho na casa de Maria, ele é a boa notícia", citou o bispo auxiliar Dom Antônio, que presidiu a elebração. Dom Antônio falou sobre a importância de todos de se responsabilizarem enquanto pessoas e líderes dos seus próprios lares.

"Não jogue pedra no prefeito, no governador, seja governador do seu próprio lar", comentou. "Homens não sejam machistas. São José, apesar de tudo o que passou, não se deixou abalar. José sofreu, padeceu", disse Dom Antônio, refletindo o papel do homem na família.

Lotação seguiu protocolos: só vacinados participaram (Ivan Duarte / O Liberal)

Emoção


Maria Isabel dos Santos, acompanhada da filha Andresa Gonzaga da Costa, relata emocionada que perdeu a irmã, muito devota de Nossa Senhora de Nazaré.
"Estar aqui é relembra-la. Era muito devota. Deixou uma filha. Mas também temos que valorizar os que estão presentes, aqui. Nos apoiar e valorizar nossa família", emocionou-se.

Na pregação deste sábado, Dom Antônio também comentou passagens bíblica e afirmou que as pessoas "devem viver a palavra do evangelho na prática", e não somente "valorizar a Bíblia e esquecer as pessoas, principalmente no presente, quando se precisa de caridade", disse.

"Quantas famílias não tiveram o luto sufocado nesta Pandemia? Não podemos reduzir o evangelho a algo do passado. Cuidado para não ressaltar demais o livro e esquecer as pessoas. De que adiantaria? Somos chamados a pensar que o conteúdo do livro é o ser, pensar e agir de jesus. E transformar nas ações de jesus. É pela caridade e prática do amor que seremos salvos", disse Dom Antônio.

"É na família que devemos ter cuidado com as crianças. Física, moral. Lugar onde exercitamos a misericórdia. É um ambiente vital. A família é o lugar da ternura e cuidado", disse D. Antônio, questionando aos presentes sobre quais cuidados estão tendo, se estão cuidando de uns aos outros.

Devotos acompanharam cerimônia do lado de fora da Basílica (Ivan Duarte / O Liberal)

Cerimônia teve grande procura


Dentro da Basílica Santuário, o limite de pessoas que podem permanecer, devido ao protocolo de prevenção a covid-19, foi alcançado cedo. Do lado de fora, muitas pessoas se encontram assistindo pelo telão. Elas também são orientadas pela Guarda de Nazaré.

Este ano, protocolos contra a covid-19 estabeleceram regras a todas as cerimônias na Basílica Santuário. Se determinou, recentemente, que a entrada só pode se dar agora com o cumprimento de alguma regras, como a apresentação de comprovante de vacinação completa e uso de máscaras. 

"Sejam bem-vindos a este momento, com a reflexão da palavra com o tema do Círio deste ano, aos que estão aqui, em casa ou lá fora assistindo pelo telão, no sol. Obrigada pelo testemunho", disse Dom Antônio ao início da celebração.

Palavras-chave

Círio
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!