Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Socorristas que fotografaram corpo de Kobe Bryant estão em julgamento

Advogados apontam que fotos foram tiradas para fins de compartilhamento

Carolina Mota

Os profissionais de socorreram Kobe Bryant no acidente que matou ele, sua filha Gianna e mais sete pessoas, estão sendo julgados, nos Estados Unidos, por terem tirado fotos dos corpos do ex-jogador e das outras vítimas.

O advogado da viúva do astro, Vanessa Bryant, falou no tribunal sobre a "cultura de insensibilidade". Segundo ele, a cliente alega que os policiais tiraram fotos do local para uso indevido, como compartilhamento com outras pessoas.

“Pelo menos 11 funcionários (do xerife) e uma dúzia de bombeiros compartilharam as fotos 24 horas após o acidente”, escreveram os advogados de Bryant em documentos oficiais.

“As imagens foram compartilhadas repetidamente com pessoas que não tinham razão absolutamente nenhuma para receberem as fotografias. Tiraram as fotos como se fossem lembranças“, explicou o advogado, que descreveu as imagens: “Corpos destroçados, primeiros planos de extremidades e carne queimada”. As informações são so Metrópoles.

VEJA MAIS

Vanessa Bryant divulga nomes dos quatro policiais que espalharam fotos dos restos mortais de Kobe
Viúva do ex-astro da NBA, Vanessa compartilhou os autos do processo que ela moveu contra os policiais

Piloto do acidente fatal de Kobe se desorientou e violou regras, diz investigação
Bryant, Gianna e os outros seis passageiros estavam viajando de Orange County para um torneio de basquete em Ventura County

Os advogados do condado de Los Angeles não negam que as fotos foram tiradas, mas defendem que nunca foram divulgadas e que foram excluídas.

A estrela do basquete Kobe Bryant, sua filha de 13 anos, Gianna, e outras sete pessoas morreram em um acidente de helicóptero em 26 de janeiro de 2020, na Califórnia.

Carolina Mota, estagiária sob supervisão de Keila Ferreira, coordenadora do núcleo de política.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL