Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Polícia desvenda assassinato de motorista de aplicativo

Na ação criminosa, o condutor foi morto e o passageiro ferido; suspeito está preso

Redação Integrada com informações do Metrópoles

O assassinato do motorista de aplicativo Geraldo Iris Gontijo, 50 anos, ocorrido na terça-feira, 12, foi solucionado, segundo a Polícia Civil de Goiás (PCGO). A emboscada era para o passageiro que ele deixava em casa. O motorista estava no lugar errado, na hora errada.

Identificado apenas como Dyego, 31 anos, o cliente também foi atingido, mas sobreviveu ao ataque. O suspeito da embocada está preso.

O crime aconteceu de madrugada, quando Geraldo atendeu a uma solicitação de corrida no Condomínio Porto Rico, em Santa Maria, com destino a Valparaíso (GO), no Entorno do DF. No destino, ele recebeu o chamado de outro cliente: Dyego.

O passageiro pediu que o motorista o levasse à casa de outro homem, segundo a delegada-chefe da 1ª Delegacia de Polícia do município, Samya Noleto.

Quando Geraldo estacionou o carro no local indicado por Dyego, outro jovem o aguardava do lado de fora da casa. O suspeito, identificado pela PCGO apenas como Igor, abriu fogo, acertando fatalmente o motorista e superficialmente o desafeto, que teve ferimentos leves.

“O passageiro era o alvo e, para não atrapalhar o assassinato, Geraldo acabou sendo envolvido. No fim, só quem morreu foi o motorista”, diz a delegada. O suspeito preso é acusado pelos crimes de homicídio e tentativa de homicídio.

Desova

Após o crime, segundo a polícia, Igor pediu ajuda a um comparsa, Marcus Vinícius, para se desafazerem do corpo de Geraldo. A polícia suspeita que eles tenham levado o veículo para o pátio do Hospital Regional de Santa Maria (HRSM), onde o carro foi encontrado, com o cadáver do motorista no porta-malas.

Dyego foi encontrado ferido em um setor de chácaras da cidade goiana, no banco traseiro de um Volkswagen Up.

Preso na quarta-feira, 20, Igor explicou as circunstâncias do crime. Já o comparsa, Marcus Vinícius, continua foragido.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL