PM sequestra e mata ex-namorada, mesmo com intermediação do Bope

O assassino foi preso em flagrante

Redação Integrada com informações de UOL

Um policial militar fez sua ex-namorada, a estudante Mayara Pereira Fernandes refém por cerca de duas horas e meia. Em seguida, ela foi assassinada na tarde desta sexta-feira (27). O homem foi preso em flagrante.

O crime aconteceu no estacionamento de uma universidade, na cidade de Valença, sul do Rio de Janeiro. O PM manteve a vítima sob a mira de uma arma dentro do carro.

A polícia foi chamada por volta das 10h30, quando a universidade informou que equipes de segurança viram os dois discutindo dentro do carro e notaram que o homem estava armado. Durante as horas em que o PM fazia a jovem de refém, alunos, professores e funcionários ficaram dentro das salas de aula.

Todos os acessos à universidade foram bloqueados pela Polícia Militar. Agentes do Batalhão de Operações Especiais, junto com outros policiais militares e policiais civis, fizeram a negociação para liberar a vítima, sem sucesso.

A PM informou que a jovem foi mantida refém dentro de um carro. Policiais que negociavam a rendição imobilizaram o homem logo após o disparo contra a vítima. Ele foi levado algemado para a delegacia. 

O policial que matou a jovem era lotado no batalhão de Resende, município que fica na mesma região.

Vítima chegou a ser socorrida

Mayara era aluna de um curso de pós-graduação da área de odontologia. Ela chegou a ser encaminhada para o Hospital Escola da universidade, mas não resistiu.

A vítima sofreu quatro paradas cardíacas depois de ser atingida pela arma de fogo. Ela morreu antes de ser levada para cirurgia.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL