Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Passageira espanca motorista de app por demora e cancelamento da corrida

O motorista foi levado a um hospital com um pulmão perfurado, luxação na cabeça, uma costela quebrada e crise de convulsão

O Liberal

Um homem, de 68 anos, que trabalha como motorista de aplicativo foi espancado por uma passageira após demorar para chegar ao local de embarque e depois cancelar a corrida. O caso aconteceu em um posto de gasolina de Goiânia (GO), no sábado (16), e foi destaque no G1 de Goiás.

A agressora e o marido foram presos, suspeitos de lesão corporal grave contra o motorista, de acordo com a Polícia Civil. Os nomes do casal não foram divulgados.

O delegado Eduardo Carrara explicou que o homem foi ao local para tirar satisfação com o motorista por causa da discussão com a esposa. A mulher relatou à polícia que o motorista a ofendeu.

O boletim de ocorrência registrou que a mulher chamou o motorista pelo aplicativo para iniciar a corrida a partir do posto de gasolina onde aconteceram as agressões. Ele teria demorado para chegar e os dois discutiram. Depois, o motorista desistiu da corrida.

A mulher ligou para o marido e contou sua versão. Ele foi ao local tirar satisfação com o motorista. Câmeras de segurança registraram o motorista usando o celular quando o marido da passageira chega e o joga o aparelho no chão.

Segundo a polícia, depois, o marido da passageira continuou batendo no motorista. Com o idoso desacordado no chão, a mulher dá chutes na cabeça dele.

O frentista do posto intervém, tentando separar a briga. Ao perceberem que o motorista estava desacordado, os agressores tentam socorrer a vítima.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o motorista foi levado a um hospital com um pulmão perfurado, luxação na cabeça, uma costela quebrada e crise de convulsão.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL