Mulher é suspeita de vender o filho para comprar drogas e viajar

Menino, de apenas 3 anos, foi localizado pela polícia, após pai registrar boletim de ocorrência

Com informações do R7

A Polícia Civil investiga uma mulher acusada de tentar vender o próprio filho, uma criança de 3 anos, para conseguir dinheiro para comprar drogas e viajar para a praia. O caso aconteceu em Belo Horizonte.

A denúncia teria sido feita pelo pai do menino, Felipe Carvalho, que decidiu registrar um boletim de ocorrência sobre o caso. A polícia então abriu um inquérito para investigar a informação e o menino foi localizado. A corporação não informou onde o garoto estava.

Felipe conta que a ex-companheira esteve na casa dele há dois meses para buscar o filho. A mulher iria passar o fim de semana com a criança que estava com o pai, mas ela não devolveu o garoto e não foi mais vista. "Ela sumiu. Não tenho notícias há quase três meses. Mandávamos mensagem e ninguém tinha resposta", disse.

Segundo o delegado Diego Lopes, agora, os agentes aguardam decisão judicial para saber com quem o menino ficará. O delegado conta, ainda, que os investigadores descobriram que a mãe tem mais duas crianças que foram deixadas com outras famílias.

"Uma das famílias, inclusive, já pleiteia na Justiça a guarda de uma dessas crianças. A outra está em situação semelhante àquilo que é chamado de doação 'à brasileira', em que as famílias encontram crianças necessitadas e muitas vezes tentam ajudar e acabam acolhendo, sem procurar os órgãos oficiais", afirmou.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL