Moraes determina que policiais militares liberem vias e prendam responsáveis por bloqueios

Pela decisão, responsáveis também devem pagar multa de R$ 100 mil

O Liberal

Balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) aponta que 227 rodovias federais continuam bloqueadas em todo o país. Na manhã desta terça-feira (1), o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que as polícias militares dos estados desobstruam as estradas interditadas. Na decisão, ele também determina a aplicação de multa horária de R$ 100 mil aos responsáveis pelos bloqueios e prisão em flagrante delito de quem estiver praticando essa ação.

VEJA MAIS

Pará tem 28 pontos de bloqueio em rodovias federais em 18 municípios, diz PRF
Polícia Rodoviária Federal informa que dos 28 trechos, 22 têm interdição total  

Almirante Barroso interditada: Semob orienta motoristas durante manifestações em Belém
Segundo a autarquia, apenas a pista BRT foi liberada e o trânsito flui lentamente

O Governo do Pará foi procurado para comentar a decisão de Moraes e informar se alguma medida será tomada pela PM. O Grupo Liberal aguarda um retorno do Estado sobre o assunto.

O ministro já havia determinado às polícias, na noite desta segunda-feira, que adotassem as medidas desnecessárias para desbloquear as vias. Nos primeiros minutos desta terça, a maioria dos ministros do Supremo votou por manter a decisão.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL