Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Marido agride esposa grávida e com filha no colo; acusado ainda desejou morte de bebê

Mulher teria solicitado que o casal fosse para casa quando o homem começou as agressões

O Liberal

Uma mulher de 40 anos, grávida de oito semanas, denunciou o marido após ser agredida com tapas e chutes por ele na loja de conveniência que pertence ao casal. O caso aconteceu em Araraquara, interior de São Paulo. As informações são do Metrópoles. 

As agressões aconteceram na terça-feira (19), mas as imagens da câmera de segurança do local só foram divulgadas na quinta (21). A vítima procurou a Delegacia da Defesa da Mulher, onde foi providenciada uma medida protetiva de urgência. Na denúncia, ela afirmou que as agressões começaram depois que ela pediu que ele parasse de beber, dizendo que a conveniência não era um bar, e fossem para casa.

"Ele me xingou de vagabunda, biscate, sem vergonha, falou que eu merecia apanhar, que queria que a criança que estivesse dentro da minha barriga estivesse morta", lamentou.

Um inquérito sobre o caso foi instaurado e, segundo a delegada responsável, caso hajam elementos suficientes, pode ser pedida a prisão preventiva do acusado.

 

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL