Mãe e filha são encontradas amarradas e estupradas; mãe estava morta

Homem invadiu a casa e ameaçou as vítimas, incluindo a criança de 11 anos, com uma faca, cometendo os crimes

Redação Integrada com informações de O Livre

Uma mulher de 30 anos foi assassinada por um invasor, que a estuprou e também a filha de 11, em Barra do Garças (520 km de Cuiabá), na madrugada desta segunda-feira, 23.

A descoberta das vítimas aconteceu quando uma amiga da vítima foi até a casa dela com outro amigo, após estranharem o desaparecimento.

Ao chegar, o portão estava trancado. Chamaram pela amiga, mas não obtiveram resposta. A amiga decidiu chamar o patrão dela, que pulou o muro. Ao entrar na casa pelos fundos, encontrou a vítima amarrada e morta.

A amiga, quando entrou em seguida na casa viu a criança saindo do quarto assustada, com roupas amarradas nos braços.

A criança contou que o invasor entrou pelos fundos da casa e ameaçou a menina com uma faca, amarrando-a no quarto e cometendo o estupro.

A Polícia Militar foi ao local e encontrou a mãe de bruços no chão, amordaçada e amarrada dos pés até a cabeça. A equipe de socorro atestou a morte da adulta.

A criança recebeu os primeiros-socorros do Corpo de Bombeiros. A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), o Instituto Médico Legal (IML) e o Conselho Tutelar foram acionados.

O caso foi registrado como estupro, estupro de vulnerável e homicídio doloso.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL