Governo revoga licitação de jornais e revistas que excluiu 'Folha de S.Paulo'

Há cerca de um mês, o presidente Jair Bolsonaro havia afirmado que determinaria o cancelamento de assinaturas do jornal

Agência Estado

O governo federal revogou licitação que contrataria o fornecimento de acesso digital a jornais e revistas. O edital havia sido publicado no fim de novembro e excluía o jornal Folha de S.Paulo. O aviso de revogação do pregão eletrônico foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (6), sem maiores explicações.

Há cerca de um mês, o presidente Jair Bolsonaro havia afirmado que determinaria o cancelamento de assinaturas do jornal em órgãos do governo federal em Brasília. A ação, no entanto, gerou forte reação de associações de imprensa e do Tribunal de Contas da União (TCU).

O edital de licitação previa a contratação de exemplares de 24 jornais e de dez revistas. Ao todo, eram previstas 438 assinaturas de jornais e 198 assinaturas de revistas. O valor global do edital era de R$ 194.393,64.

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BRASIL