Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Bebê brasileiro nasce prematuro e com cauda com bola na ponta

O apêndice foi removido cirurgicamente

O Liberal

Em um caso muito raro, um bebê nasceu com 35 semanas e com uma cauda de 12 centímetros com uma bola na extremidade. O parto prematuro aconteceu no início deste ano, no Hospital Infantil Albert Sabin, em Fortaleza (CE), mas ganhou visibilidade nesta semana. As informações são do UOL.

O apêndice foi removido cirurgicamente e os médicos relataram o procedimento no periódico científico Journal of Pediatric Surgery Case Reports.

É normal que os bebês desenvolvam uma cauda embrionária no útero entre a quarta e a oitava semana de gestação, mas ela costuma ser reabsorvida pelo corpo. No caso raro, a cauda continuou crescendo e chegou a 12 cm, com a bola na extremidade medindo 4 cm de diâmetro.

Os médicos realizaram exames e observaram que a cauda não continha partes feitas de cartilagem e osso. Isso dignifica que o caso é um exemplo de verdadeira cauda humana.

Também foram realizados exames para avaliar o quadro neurológico do recém-nascido, mas nenhuma alteração foi encontrada. Ainda, não havia qualquer alteração sistêmica, além do apêndice cutâneo. Com a saúde do bebê em dia, remoção foi feita sem complicações.

De acordo com jornal Daily Mail, somente cerca de 40 casos como esse já foram registrados na medicina.

O procedimento publicado foi assinado por Humberto Forte (médico residente na pediatria), Carlos Eduardo Lopes Soares (estudante da Universidade Federal do Ceará), Márcia Maria de Holanda Góes Bezerra (cirurgiã pediátrica do Hospital Albert Sabin), Verlene de Araujo Verdiano (neonatologista), Rodrigo Schuler Honorio (patologista do Hospital Albert Sabin) e Francisco das Chagas Barros Brilhante (cirurgião pediátrico do Hospital Albert Sabin).

Palavras-chave

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL