Nilson Chaves, cantor e compositor

Redação Integrada

“Põe tapioca, põe farinha d'água / põe açúcar não põe nada / ou me bebe como um suco / que eu sou muito mais que um fruto…”. Foi sobre como se deliciar com o fruto mais típico do Pará, o açaí, que o cantor Nilson Chaves se eternizou no coração dos paraenses e de muitos brasileiros. Não é à toa que a música é a primeira nas buscas do Google quando se trata do cantor e compositor paraense.

Nilson Chaves, nascido em novembro de 1951, tem dois CDs lançados na Europa, tendo se apresentado na Alemanha e França. Já recebeu indicação ao Grammy Latino e foi um dos grandes destaques do Fercapo (Festival Regional da Canção Popular) promovido em Cascavel (Paraná) pelo Tuiuti Esporte Clube, entre 1984 e 1986.

A relação com a música começou cedo, quando seu pai era proprietário de uma aparelhagem de som que, além de embalar os bailes, servia para a divulgação de propagandas de trabalhos vindos diretos das gravadoras. Foi assim, acompanhando o pai, que Nilson descobriu João Gilberto, Nara Leão, Maysa, Dolores Duran, artistas que o influenciaram para sempre.

Na campanha Belém Pra Ver e Sentir, Nilson Chaves escolheu a ESTAÇÃO DAS DOCAS como um dos lugares favoritos na capital paraense.

GALERIA

Estação das Docas

Belém Pra Ver e Sentir
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!