Do Casarão ao Ecoparque: conheça a história lendária do Cafezal

Com famílias tradicionais de muita devoção a Mãe de Jesus, a comunidade acolheu por muitos anos a imagem de Nossa Senhora do Tempo, tombada como patrimônio histórico e cultural do município, mas historicamente o Cafezal é conhecido pela casa da Fazenda Cafezal, o famoso Casarão, com muitas lendas ao seu redor.

Márcia Ferreira
fonte

Localizada na PA 151, banhada pelo rio Carnapijó e Cafezal, a comunidade do Cafezal é uma das mais antigas do município de Barcarena. Com famílias tradicionais de muita devoção a Maria Mãe de Jesus, a comunidade acolheu por muitos anos a imagem de Nossa Senhora do Tempo, tombada como patrimônio histórico e cultural do município, mas historicamente a localidade é conhecida pela casa da Fazenda Cafezal, o famoso Casarão.

Os antigos moradores contam que o Casarão era uma casa com mais de trezentas janelas e muitos quartos e salas. A casa era “mal assombrada” ecoava sons de correntes arrastadas pelos corredores, sussurros de dor e batidas de pegadas. Tinha também um porão que era usado para jogar os escravos que contrariavam seus donos.

Na tese de doutorado do professor de História Luiz Antônio Valente Guimarães ele conta que além dos barulhos os relatos dos antigos dizem que o porão era chamado de “sumidor” onde os negros eram penetrados por lanças pontiagudas e depois de decomposto, o corpo era levado pelas águas.“O Cafezal é um local historicamente importantíssimo para o município e especialmente para mim, pois foi a vida do possível dono da Casa, Fortunato Alves de Souza que me levou ao doutorado e ir até Portugal”, conta Luiz Guimarães conhecido no município por Professor Leno.

image ONG Natur Arte resgata objetos da época e os reproduz em argila (Divulgação)

LEIA MAIS

image Barcarena: Festival do Abacaxi inaugura arena de shows estilo 'Rock in Rio'
A 40ª edição do festival começa com uma novidade: o Ecoparque, que tem capacidade para receber 50 mil pessoas, além de um estacionamento com vagas para 7 mil veículos.

image Barcarena elege Kathiane dos Santos a 40ª rainha do Festival do Abacaxi
Com o tema 'Encantos da Minha Terra', Kathiane dos Santos, de 20 anos, do bairro da Betânia, conquistou o título

image Organizadores prometem melhor 'Festival do Abacaxi' de todos os tempos
A tradicional festa popular deu início às suas atividades desde o mês de julho com a apresentação das seis candidatas à Rainha do Festival e com a seletiva do Concurso Gastronômico

De acordo com o professor Leno apesar do nome cafezal, a fazenda nada tinha a ver com café, os proprietários plantavam cana de açúcar e produziam açúcar e cachaça. O casarão provavelmente foi construído no ano de 1878, pois nos estudos de Leno, havia uma inscrição na parede com o nome do proprietário Fortunato Alves de Souza, bem como a data de inauguração da casa. Infelizmente nos anos 80, a casa histórica foi demolida e ficaram ruínas que até hoje é local de visita de alunos do curso de História da Universidade Estadual do Pará – UEPA e outras instituições de ensino.

A localidade reúne famílias tradicionais que criaram entidades para proteção de conhecimentos, saberes e fazeres na área da agricultura e cultura. A Natur Arte é uma delas. A Ong trabalha com os artesãos de Barcarena desenvolvendo produtos feitas de argila com o formato de folhas e sementes da região, também apoiam trabalhos feitos com cestarias. 

Este ano o Cafezal recebeu uma obra grande que já está mudando totalmente a vida dos moradores. A Prefeitura construiu o Ecoparque, um espaço que será usado para grandes eventos do município que tem 24 mil metros quadrados com capacidade para receber 50 mil pessoas. “Estamos muito felizes pois esse investimento já está trazendo mudanças positivas para nossa comunidade” revelou a dona de casa Maria Valente. “Nossa comunidade merecia receber os investimentos que vem recebendo porque é um povo humilde que preserva suas histórias e que é possível transformar tudo isso em turismo, já estamos vivendo isso, agora por causa da realização do Festival do Abacaxi em nossa comunidade, muitos moradores estão ganhando dinheiro porque estão hospedando pessoas que vem para o evento” disse a artesã Esmeralda Cardoso.

A comunidade do Cafezal já teve um porto usado para a travessia entre a capital Belém e o município de Barcarena, mas foi desativado. É localizada a 5km da Sede do município de Barcarena e tem um povo muito acolhedor. Aproveite a agenda do 40º Festival do Abacaxi que será realizado neste fim de semana e venha conhecer o Cafezal.

Barcarena
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!