Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Tiradentes: 5 lugares que você precisa visitar!

Rodrigo Vieira e Érica Castro
A histórica e encantadora Tiradentes, cidade mineira com cerca de 8 mil habitantes. (Rodrigo Vieira)

Conhecida pela sua arquitetura colonial barroca, Tiradentes mais parece uma cidade cenográfica. Da vontade de sair pelas ruas de pedra fotografando tudo! Para que você confira o melhor desse pedacinho de Minas Gerais que leva o nome do herói maior da Inconfidência Mineira e tem cerca de 8 mil habitantes, o Bagagem de Bolso separou cinco lugares que não podem ficar fora do seu roteiro.

#1. Maria Fumaça.
Você pode partir de São João Del Rei rumo a Tiradentes em uma viagem de 12 km a bordo de uma das principais máquinas a vapor do mundo ainda em funcionamento, com os trilhos de bitola de 76 cm. É uma travessia repleta de diversidade ecológica, história e com uma vista inspiradora da arquitetura do século XIX.

Passagem: Inteira ida: R$ 70,00 | Inteira ida e volta: R$ 80,00. Meia ida: R$ 35,00 | Meia ida e volta: R$ 40,00. Entrada gratuita para crianças de 0 a 5 anos mediante apresentação de certidão de nascimento.

Viagens: sextas, sábados, domingos e feriados. Saída de Tiradentes às 13h e às 17h. De São João del-Rei, às 10h e às 14h.

É possível fazer o trajeto de São João Del Rei a Tiradentes a bordo de uma das principais máquinas a vapor ainda em funcionamento no mundo. (divulgação)

#2. Igreja Matriz de Santo Antônio.
Mais antigo templo católico de Tiradentes, é um dia principais pontos turísticos da cidade. Na igreja, há centenas de objetos e imagens decorados em ouro. Aleijadinho modificou sua hiponente fachada, em 1810. Não deixe de ver o antigo relógio de sol. Com duas faces, indica o horário de acordo com a posição do astro-rei: uma durante o Inverno; outra, no Verão.

Endereço: Rua da Câmara - Centro.

Entrada: gratuita.

Visita: Diariamente, das 8h às 17h.

Fachada da Igreja Matriz de Santo Antônio, modificada pelo mestre Aleijadinho, em 1810. (Rodrigo Vieira)

#3. Taberna dos Inconfidentes.
O ambiente é rústico e refinado. Para os casais românticos, há a área interna ou um lindo jardim cheio de verde para você desfrutar com a sua família. Uma curiosidade sobre a taberna é que, a cada evento realizado na cidade, é criado um prato especial em homenagem. E todo dia 29, é servido o tradicional nhoque da fortuna, você escolhe o molho que deseja  saborear. O espaço tem música ambiente, cervejas e uma vasta carta de vinhos.

Endereço: Rua Direita, 10, Centro.

Funcionamento: segunda a quinta, das 12h às 17h. Sexta, das 19h à 0h. Sábado, das 12h às 17h e reabre às 19h e vai até 0h. Domingo, das 12 às 17h.

Com um ambiente rústico e refinado, A Taberna é uma das ótimas opções gastronômicas de Tiradentes. (divulgação)

#4. Museu de Arte Sacra (Antiga Cadeia).
Erguida por volta de 1730, a antiga cadeia foi destruída por um incêndio, em 1829. O mestre pedreiro Francisco da Silva Miranda a reconstruiu, em 1833. Já no século XX, em 1989, o prédio foi transformado no Museu de Arte Sacra Presidente Tancredo Neves com peças doadas por particulares. São quase 300 imagens. Entre elas, há peças exclusivas de Sant’Ana, a mãe de Maria e avó de Jesus na iconografia católica.

Endereço: Rua Direita, 93. Entrada pela Rua da Cadeia. Centro 36325-000. Tiradentes MG

Visita: segunda a sábado, das 10h às 18h. Domingo das 10h às 16h. Terça-feira fecha para manutenção

Ingresso: Inteira R$ 5,00. Meia R$ 2,50. Entrada gratuita para estudantes, professores e guias de turismo. [Ingressos disponíveis às segundas, quartas, quintas, sextas e sábados de 10h às 17h30. Aos domingos de 10h às 15h30]

Visita virtual: http://www.eravirtual.org/santana/

Museu de Arte Sacra, no prédio da antiga cadeia de Tiradentes. Espaço contém imagens exclusivas de Sant’Ana. (Rodrigo Vieira)

#5. Fundação Oscar Araripi.
Logo nos primeiros anos, a galeria já recebeu 350 projetos culturais de 70 países. A Fundação do artista Oscar Araripe abrigou obras de Guignard e Santa Rosa, clássicos do modernismo. A ideia central é expor pinturas modernistas dos anos 1940 e 1950, que pertenciam ao Museu de Belas Artes do Instituto Francisca de Souza Peixoto, de Cataguases, Minas Gerais. A galeria conta com um amplo e interessante arcevo de arte.

Endereço:  Rua da Câmara, 98, Tiradentes.

Funcionamento: de segunda a domingo.

Entrada: gratuita

Jardim da galeria Orcar Araripi, que conta com um amplo e interessante arcevo de arte. (Rodrigo Vieira)

Dica do Bagagem: um dos melhores momentos para conhecer a cidade é no mês de agosto, em pleno Inverno, quando é realizado o Festival Cultura e Gastronomia de Tiradentes. O evento reúne  grandes chefs mineiros e de outros estados e oferece mais de 200 atrações, entre estandes de chefs e produtores, aulas, palestras e eventos com cozinheiros convidados. A edição 2020 será de 21 a 30 de agosto.

Palavras-chave

Por Aqui
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BAGAGEM DE BOLSO