Cafeteria mais antiga do mundo fica em Veneza e corre o risco de fechar as portas

Rodrigo Vieira

Após completar 300 anos em dezembro de 2020, o clássico Caffe Florian corre o risco de fechar as portas. Os motivos: a enchente em novembro de 2019, a segunda maior na história de Veneza, com quase dois metros de altura de água, e a pandemia de covid-19, que deixou a cidade italiana às moscas. 

No coração da Piazza San Marco, a cafeteria detém o título de a mais antiga em atividade e uma das mais belas no mundo. O nome é uma homenagem a Floriano Francesconi, o primeiro proprietário da casa, que já acompanhou diversas mudanças econômicas e sociais ao longo de três séculos. 

No coração da Piazza San Marco, Florian ajuda a contar um pouco da história de Veneza. (Divulgação)

No começo, havia apenas duas salas. Atualmente, são cinco. Todas com afrescos, sofás em veludo vermelho e detalhes em dourado e mármore. A mais importante delas é a Sala do Senado. Foi ali que nasceu, em 1893, a ideia da Bienal de Veneza, que viria a se tornar realidade dois anos depois. 

O Bagagem de Bolso esteve no Caffé Florian em 2011 e ficou apaixonado pelo lugar. (Rodrigo Vieira)

Em suas mesas, sentaram-se clientes assíduos e ilustres como Goethe, Rousseau, Balzac, Lord Byron, Marcel Proust, Hemingway e Modigliani. Por algum tempo, foi, inclusive, o único café que permitia a entrada de mulheres... 

O Bagagem de Bolso conheceu o Caffe Florian em 2011 e confirmou que o serviço é mesmo impecável, com garçons elegantemente vestidos e servindo os pedidos em bules e xícaras de porcelana com o brasão da casa e acompanhados de talhares de prata. Quase sempre, há apresentações de música clássica do lado de fora, onde sentamos para acompanhar o movimento na praça e pedimos algumas delícias. 

Cardápio caprichado e serviço impecável são as marcas do Caffé Florian há três séculos. (Rodrigo Vieira)

Caso o Florian siga aberto, o que torcemos muito, recomendamos experimentar o Caffè dell’Imperatore, uma mescla de café com licor de zabaione e creme de leite (€ 16,00) ou o Caffè del Doge, que reúne café com creme de gianduia, creme de leite e avelã (€ 15,00). Para comer, peça o club sandwich (€ 16,50). No mais, deixe o tempo passar e agradeça pelo privilégio de estar em Veneza! 

Cafeteria mais antiga do mundo fica em Veneza e corre o risco de fechar as portas

Comes & Bebes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BAGAGEM DE BOLSO