CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X

Como identificar e reconhecer bandeiras de segurança nas praias

Bandeiras de diferentes cores são usadas para orientar os banhistas sobre condições da água, clima, entre outros

Beatriz Rodrigues
fonte

Em períodos de grandes fluxos nas praias, os Guarda-Vidas do Corpo de Bombeiros desempenham um papel fundamental na prevenção de afogamentos e realização de salvamentos. Nas praias pelo país, é comum eles utilizarem bandeiras de diferentes cores para orientar os banhistas sobre as condições da água, do clima, além do risco de afogamento.  

VEJA MAIS

image Primeiro final de semana teve fluxo de trânsito tranquilo para quem saiu da capital pela BR-316
Detran espera aumento do tráfego de veículos em 20% neste primeiro final de semana das férias escolares

image Como evitar o 'peixe-vampiro'; saiba o que fazer em caso de ataque de candiru
O candiru costuma assustar os banhistas que buscam se refrescar nos rios da região em períodos de férias e veraneio. Confira o que fazer para evitar contato com o animal!

Muitos acidentes podem ser evitados se essa sinalização for respeitada. Para isso, é essencial conhecer o que significam os diferentes tipos de bandeiras. Veja abaixo quais as mais encontradas nas praias brasileiras e o significado de cada uma.

[🔴]  A bandeira vermelha indica que há alto risco de afogamento por causa das grandes ondas e correntes muito fortes, informando que deve ser evitado o banho de mar. É importante lembrar que um guarda-vidas sempre estará próximo às bandeiras, informando o cidadão que não deve se distanciar da orla.

[🟡]  A bandeira amarela sinaliza que há médio risco de afogamento. Nessa situação é necessário atenção, pois as condições do mar não estão muito favoráveis ao banho.

[🟢]  A bandeira verde sinaliza que há baixo risco de afogamento. Nesse caso as condições são apropriadas para banho. De qualquer forma, o cidadão deve ser cauteloso e tomar cuidado com o mar.

[🟣]  A bandeira lilás informa a presença de águas-vivas. Quando essa bandeira está fixada, ela sempre está acompanhada de alguma outra bandeira informando também a situação do mar. Com a presença de águas-vivas o banhista deve tomar o máximo de cuidado e se distanciar da área. Caso ocorra a queimadura, deve procurar o posto de guarda-vidas mais próximo.

[⚫]  A bandeira preta indica que não há mais guarda-vidas no posto e não é recomendado entrar na água naquele local.

Em caso de dúvidas, as orientações do Corpo de Bombeiros são que os banhistas procurem os postos de guarda-vidas para obter informações sobre as particularidades da área.

Algumas das outras recomendações para não correr risco nas praias e garantir um passeio tranquilo são:

  • Respeitar as delimitações da área e as orientações dos profissionais;
  • Ficar submerso apenas até a altura do umbigo, que é o limite de segurança recomendado;
  • Evitar o excesso da ingestão de bebida alcoólica;
  • Lembrar que os pais são os principais responsáveis pela guarda das crianças.

(*Beatriz Rodrigues, estagiária sob supervisão de Mirelly Pires, editora web de Oliberal.com)

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Dicas
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!