Falta uma semana para o Círio de Nazaré

Lorena Filgueiras

A funcionária pública aposentada Iolanda Nunes espera – a cada ano – o Círio com a antecipação digna de quem nunca passou esse período fora da cidade. “Sempre no fim do ano, quando ganho as folhinhas do ano novo, pulo de janeiro para outubro porque meu ano tem dez meses”, brinca ela.  Dona Iolanda sintetiza bem o espírito de muitos paraenses que compartilham do mesmo sentimento: o Círio é o Natal dos paraenses e a sensação de dever cumprido, no decorrer do ano, só é concretizada depois que a Santinha passa. “Teve um ano, em que tive problema na coluna e fiquei entrevada na cama. Estava triste por não acompanhar a procissão, mas pedi que a TV fosse para o meu quarto. Me arrumei, me perfumei e me ajeitei da melhor maneira, para ver Nossa Senhora passar. Prometi a mim mesma que seria o primeiro e último ano que não a veria e, que se ela me curasse, eu começaria meu domingo do Círio ainda no sábado, porque iria aguardar na porta da Sé”, conta. A cura veio e no ano seguinte, a aposentada estava lá, como havia prometido, não sem antes marcar o calendário inteiro para não perder nenhum dos ritos mais importantes que envolvem o Círio. 

A aposentada Lilly Silva vem a Belém há alguns anos. Conheceu o Círio por insistência dos familiares e se lembra, com detalhes, daquele dia, em 1997. “Havia ido a Aparecida algumas vezes, porque moro no interior de São Paulo e meus pais me levaram inúmeras vezes. Um dia, cedi ao convite da minha cunhada e decidi, em vez de ir para Aparecida, ir para Belém. Já conhecia a cidade, mas logo no aeroporto a atmosfera estava diferente, mais festiva”, conta. Como o irmão e cunhada moram perto da praça da República, Lilly teve a certeza de que havia algo a mais no ar. Chegou numa quarta-feira e na quinta-feira foi ver a apresentação do manto de Nossa Senhora. Emocionou-se tanto, que prometeu que viria mais vezes – promessa que foi renovada no sábado da Trasladação e no domingo do Círio. “Quando vi aquele mundo de gente, não acreditei! Faltam palavras até hoje, mas sobram vontades de sempre voltar! Sempre consulto o site oficial do evento para programar minha ida a Belém”, confessa. “E se o Círio não cair no dia 12, melhor ainda, porque consigo cumprir meus dois compromissos de vida: um antigo e um mais recente”, finaliza.

O Círio começa oficialmente na terça-feira que antecede ao segundo domingo de outubro, com a Santa Missa, na Basílica Santuário. A partir daí, a programação se intensifica com diversos eventos que envolvem a ‘Adoração ao Santíssimo Sacramento’, ‘concerto Mariano’, missas, visitas, além das 12 romarias oficiais – naturalmente, dentre elas, o Círio de Nossa Senhora de Nazaré, propriamente dito. A festa continua por mais 15 dias até o reCírio, quando, mesmo depois percorrer mais de 140 quilômetros, em aproximadamente 42 horas de procissões e quase 400 visitas, a Imagem Peregrina segue na última procissão, que a conduzirá da Sé, de volta ao Colégio Gentil Bittencourt. Ao longo do ano, a Imagem Peregrina permanece em um nicho na sacristia da Basílica Santuário. Para muito além do aspecto religioso, o Círio é parte da vida e da história dos devotos, em especial dos paraenses, que desenvolvem, desde cedo, uma relação de proximidade e intimidade com Nossa Senhora, visitando-a o ano inteiro para agradecer e pedir a intercessão da Padroeira. 

Como O Liberal começa a circular ainda na tarde de sábado (dia 05), ainda dá tempo de cumprir os compromissos no domingo pela manhã. A gente te ajuda com um resumo para não perder os eventos desta semana: 

Dia 06/10
10h – Manhã dos Eleitos – Casa de Plácido
Dia 07/10
18h – Missa dos Comunicadores – Basílica Santuário
Dia 08/10
18h – Missa de Abertura Oficial do Círio 2019 – Basílica Santuário
Dia 09/10
8h – Abertura da Vigília de Adoração/Oração – Capela Bom Pastor
21h – Transportes dos Carros para os galpões da CDP – Saída da Praça Santuário
Dia 10/10
18 – Missa de Apresentação do Manto de Nossa Senhora de Nazaré – Basílica Santuário
Dia 11/10
6h30 – Encerramento da Vigília de Adoração/Oração – Capela Bom Pastor
7h – Missa e Traslado para Ananindeua e Marituba – Basílica Santuário
Dia 12/10
5h30 – Romaria Rodoviária – Paróquia Nossa Senhora das Graças -Ananindeua
9h – Missa e Romaria Fluvial – Trapiche de Icoaraci
11h30 – Moto Romaria – Pça. Pedro Teixeira
12h30 – Cerimônia de Descida da Imagem Original de Nossa Senhora de Nazaré do Glória – Basílica Santuário
16h30 – Missa e Trasladação – Colégio Gentil Bittencourt
Dia 13/10
05h30 – Missa e Círio de Nazaré – Catedral Metropolitana de Belém

Troppo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!