Aprenda a fazer o 'Sushioca', mistura do Pará com o Japão

Tapioca substitui a alga na receita do sushiman Phabiano Pereira

Lorena Filgueiras

O Japão tem uma influência muito forte no nosso Estado. Afinal, somos uma das maiores colônias japonesa desde a chegada dos imigrantes, em 1908. Uma das influências mais fortes foi na gastronomia. Quem diria, afinal, que na terra do açaí, ingredientes orientais harmonizariam tão bem?

O maranhense Phabiano Pereira de 35 anos diz, afirma e confirma: a mistura dá muito certo! Natural de Lago de Pedra, no estado vizinho, ele fixou residência na capital paraense há alguns anos. Apaixonado pela culinária japonesa, ele é sushiman há mais de uma década. Formou-se pelo restaurante Yoi Rolls, em São Paulo e lá são 12 anos nessa profissão. Segundo ele, a paciência, domínio e a precisão no corte (além de se divertir com os pratos) são algumas das características que o fizeram abraçar essa profissão. “Além de a gastronomia ser uma arte milenar”, finaliza.

Hoje ele nos ensina a fazer um sushioca que é um hosomaki de tapioca substituindo a alga, sem arroz e com recheio de salmão grelhado ou camarão (ou metade de cada, afinal, fazemos ao gosto do freguês!) mais a geleia de cupuaçu com pimenta dedo de moça. Desejou aí? Então mãos à obra!

Ingredientes:
- goma de tapioca
- 100 g de salmão
- óleo de gergelim
- 1 pitada de hondashi (tipo de tempero encontrado em supermercados)
- 15 g de cream cheese
- 400 g de polpa de cupuaçu
- 1 pimenta dedo de moça sem caroço

Modo de Preparo
Peneire a goma de tapioca e em uma frigideira faça duas tapiocas bem fininhas.
Para o recheio coloque em uma frigideira o óleo de gergelim, o salmão, tempere com uma pitada de hondashi e após o salmão grelhar acrescente o cream cheese.
Em pequena panela jogue o cupuaçu, o açúcar e quando virar uma geleia, jogue a pimenta dedo de moça.


Montagem
Jogue o recheio na massa de tapioca e enrole. Em uma vasilha a parte coloque a geleia de cupuaçu com pimenta. Pronto agora é só se deliciar com esse prato super simples de fazer. 

Troppo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!