Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Terminal Hidroviário oferece profissional em libras e cartilha em braile para usuários

Na cartilha estão tutoriais com orientações sobre os principais direitos e deveres dos consumidores, além de um QRcode que possibilita abrir o código online.

Redação Integrada

Deficientes auditivos que utilizam o Terminal Hidroviário de Belém (THB) já têm o auxílio de uma profissional em libras para obter informações no local. O espaço também disponibilizou um Código de Defesa do Consumidor (CDC) impresso em braile. Os serviços de inclusão começaram a ser oferecidos nesta segunda-feira (15) pela Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH), responsável pela administração do local.

A intérprete em libras vai atuar durante a semana, de segunda à sexta-feira, no horário de 7h às 13h, na sala da administração do terminal. Nesta manhã, a profissional circulou pelos corredores do Terminal para conhecer a rotina dos usuários. 

Além de fornecer uma série de tutoriais com orientações sobre os principais direitos e deveres dos consumidores, a cartilha possui um QRcode que possibilita abrir o código online. Todas as medidas atendem recomendação da Defensoria Pública União (DPU).

"Vai ser um serviço muito importante para os deficientes auditivos, que vão ter uma compreensão maior das informações no local. Já o Código de Defesa do Consumidor em braile também vai trazer mais clareza para os usuários cegos que passarem por aqui", explica a técnica em libras contratada pela CPH, Karen Bandeira.

Férias 

Cerca de 140 mil usuários devem passar pelo Terminal Hidroviário de Belém em julho, isso representa cerca de 5 mil passageiros por dia e 35 mil por semana. A exemplo do ano passado, os destinos mais procurados pelos veranistas devem ser os municípios de Salvaterra, Joanes, Ponta de Pedras e Cachoeira do Arari, todos na ilha do Marajó, e a cidade de Macapá, no estado do Amapá.

O Liberal
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!