Grupo Liberal promove ações sociais para ajudar profissionais prejudicados pela quarentena

Por meio do Encontros Liberal, além de arrecadações de cestas básicas, são publicados vídeos de diversos assuntos para entreter o espectador durante a pandemia

Elisa Vaz

Em meio à crise econômica provocada pelo novo coronavírus, profissionais de diversos segmentos dependem de ações sociais para se manter durante a quarentena. Com o objetivo de amenizar os danos que o isolamento social tem causado às pessoas que não podem trabalhar nesse período, o Grupo Liberal realiza uma campanha social de arrecadação de alimentos e doações em dinheiro.

A campanha é parte do Encontros Liberal, uma parceria do Grupo Liberal com o Instituto Criança Vida, que estimula a solidariedade e ajuda profissionais paraenses do setor de shows e eventos que perderam sua renda. Como afirma o diretor de Marketing do Grupo Liberal, Rodrigo Vieira, os profissionais da área estão entre os mais atingidos com as restrições sociais. "Eles foram os primeiros que pararam suas atividades, por conta dos cancelamentos de festas, shows e outros eventos, e, provavelmente, serão os últimos a voltar à ativa", comentou.

Entre os que esperam ser beneficiados pela campanha está a cantora e compositora Keyla Lima, de 38 anos, que é presidente do Sindicato dos Músicos Profissionais de Belém. Embora ainda não tenha recebido as doações, a artista está confiante de que será contemplada, e ainda disse que possui uma relação com 35 bandas, que totalizam 500 músicos, para também receber as doações. 

"A classe musical de Belém passa por muitas dificuldades, assim como todos os artistas do Pará, durante essa pandemia. Por causa do decreto estadual que proíbe a realização de eventos no Estado, nossa classe foi diretamente afetada. Hoje a categoria não pode exercer sua profissão e, consequentemente, falta alimento na mesa da maioria das famílias", contou Keyla. Ela acredita que a ajuda surge no momento em que eles mais precisam: "a classe artística e cultural paraense nunca se deparou com uma situação assim. As cestas básicas vão ajudar muitos profissionais que não estão trabalhando", disse.

Uma das formas de contribuir com a iniciativa é por meio de depósito bancário para o Instituto Criança Vida, por meio do banco Bradesco (agência: 3109-7; conta corrente: 168.689-5; CNPJ: 05.680.693/0001-24), em qualquer valor. Também há a doação de cestas básicas, que serão entregues aos profissionais. Os produtos podem ser doados pessoalmente, de 8h às 17h, na sede do jornal Grupo Liberal, localizado na avenida Romulo Maiorana, 2473, no bairro do Marco, em Belém. Além disso, os valores podem ser doados por meio da plataforma PagSeguro, com o cartão de crédito. Para mais informações, basta ligar para os números (91) 3216-1063 e 3216-1165, enviar e-mail para juntos@grupoliberal.com ou acessar a página oliberal.com/encontros.

Segundo Rodrigo Vieira, a campanha tem várias frentes de divulgação: por meio das peças digitais, veiculadas nos perfis oficiais do Grupo Liberal, TV Liberal, Rádio Liberal e jornais O Liberal e Amazônia, além dos aplicativos de mensagens instantâneas; e por meio de vídeo transmitido pela afiliada Rede Globo. É possível obter informações sobre a campanha em qualquer um desses canais.

Outra ação social promovida pela empresa, por meio do Encontros, é a campanha Classificados Solidário, que divulga entidades que precisam de ajuda. É possível ajudar por meio de doações de alimentos, material de higiene e limpeza, fraldas geriátricas e itens como álcool em gel, máscaras de proteção e luvas descartáveis. Há anúncios que várias entidades que podem ser ajudadas, como a Casa do Menino Jesus, que abriga crianças que fazem tratamento contra o câncer, insuficiência renal ou doenças cardíacas; o Asilo Pão de Santo Antônio, que abriga idosos; além de famílias de Belém e região metropolitana em dificuldades financeiras por conta da pandemia e estudantes em vulnerabilidade socioeconômica. Ainda dentro da campanha, há a Missão Covid, plataforma gratuita formada por uma rede de médicos que oferece atendimento, por videochamada, para pessoas sem planos de saúde e que apresentam sintomas do novo coronavírus. Na página oliberal.com/encontros é possível consultar todas as informações.

Além das ações sociais, o Encontros Liberal tem uma área no portal OLiberal.com que engloba diversos conteúdos para ajudar leitores e espectadores a passar pela pandemia do novo coronavírus com mais solidariedade e leveza. O editor executivo do portal, César Modesto explica que a proposta é reunir vários conteúdos sobre diversos assuntos de maneira mais rápida e prática.

"Alguns produtos já existiam, mas estavam pausados, como 'LibCult', 'Liberal Entrevista' e 'Geral na Live', e aproveitamos o momento para resgatá-los e unir forças com a iniciativa. Outros são inéditos, como 'Fica Bem', 'No Ponto' e 'Decore Fácil', criados especialmente para o Encontros, mas que devem continuar sendo produzidos depois que o projeto encerrar", explica Modesto. No total, são 14 produtos até o momento.

O diretor de Marketing, Rodrigo Vieira, explica ainda que essa área do site reúne profissionais de vários segmentos para produzir conteúdos durante a quarentena. "É como uma pausa no noticiário tão pesado da pandemia. A primeira ideia que tivemos foi informar às pessoas como se proteger do coronavírus, que é uma doença muito avassaladora e desconhecida. Depois, criamos uma campanha estimulando o isolamento social. E aí surgiu a 'terceira onda', já que, com esse tempo em casa, a gente percebeu que era importante dar momentos de qualidade para quem está dentro de casa. O objetivo é que o público do site enfrente a pandemia de maneira produtiva, adquirindo conhecimentos".

Jornalista e editora do Conexão AMZ, conteúdo hospedado no portal OLiberal.com, Layse Santos comanda um dos programas dentro do projeto: Liberal Entrevista. Na avaliação da comunicadora, o papel da imprensa nesse momento, seja por meio de veículos de comunicação ou em plataformas digitais, é de levar informação de qualidade para quem está em isolamento social.

"Alguns conteúdos ajudam a prevenir contra o vírus e outros podem contribuir com a saúde mental de quem assiste ou lê. E o projeto promove, literalmente, um encontro entre esses pilares de conteúdos, levando informações sobre saúde, prevenção, finanças, economia doméstica, cultura, lazer, entretenimento, e isso favorece muito a pessoa que está em casa e com restrição de encontros presenciais", opinou a jornalista. Segundo Layse, as ferramentas digitais por onde os produtos são veiculados - portal e redes sociais - encurtam a distância entre as pessoas, e ela aposta que seguirão muito mais fortes quando a pandemia acabar.

A jornalista e social media Francy Rodrigues, que apresenta o LibTech, outro programa dentro do projeto, disse que o Encontros tem o intuito de ajudar a ocupar o tempo e contribuir para que as pessoas se aperfeiçoem em diversas áreas de conhecimento. "É hora de se renovar, se reinventar e refletir. Acho que os conteúdos disponíveis gratuitamente estão fazendo a diferença", disse. O foco do programa será nas plataformas digitais, em especial o Instagram e o Tik Tok, segundo ela. "Eu amo o Instagram e percebo que muita gente também gosta e ainda tem muitas dúvidas sobre o aplicativo. Estamos já em transição para uma outra plataforma que promete 'roubar a cena': o Tik Tok. Acredite no poder da comunicação digital para alavancar sua marca, seu trabalho, sua vida", orientou a jornalista.

Usar a internet para reunir profissionais com conhecimentos variados permite que O Liberal tenha destaque, segundo o especialista em Marketing Franck Ferreira, que participa do Expertise.LIB dentro do Encontros. Como o mercado se viu obrigado a fazer o que ele chama de "revolução digital", o projeto permite educar a audiência com ferramentas que são tendência, além de passar conhecimento para quem assiste. "No programa, a ideia é mostrar como uma pessoa que nunca atuou na internet pode fazer isso e usar as ferramentas ao seu favor. É uma sequência de conteúdos, que vão permitir que uma pessoa comece do zero e saiba se comportar no ambiente digital", destacou Franck.

Responsabilidade Social
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!