Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Praticar a medicina é sinônimo de amor e dedicação para os médicos do Beneficente Portuguesa

Em homenagem ao Dia do Médico, comemorado em 18 de outubro, profissionais contam sobre a rotina de trabalho e o que os motivam

No Dia do Médico, comemorado nesta segunda-feira (18), o Hospital Beneficente Portuguesa homenageia toda a equipe médica do hospital e demais profissionais que se dedicam diaramente para levar saúde, cuidado e bem-estar ao próximo. O presidente da instituição, Alírio Gonçalves, diz que é uma honra conviver com médicos competentes.

“Como presidente do Hospital Beneficente Portuguesa é uma alegria muito grande conviver com nossos grandes médicos, que em nenhum momento deixaram de lutar para salvar vidas, principalmente nos dois momentos de pico da pandemia. Quero parabenizar e me sensibilizar com a classe médica, que é de uma persistência e profissionalismo altíssimo. Agradeço, em nome de todos os pacientes e colaboradores, a todos os médicos do Brasil e da Beneficente”, afirma Alírio.

Alírio Gonçalves, presidente da Beneficente Portuguesa, destaca a importância do exercício da medicina com comprometimento e profissionalismo (Divulgação)

Para o neurocirurgião e professor da Universidade Federal do Pará (UFPA), Dr. Edmundo Luís Rodrigues, o Hospital Beneficente Portuguesa foi porta de entrada para o exercício da profissão. O médico conta que foi no hospital o seu primeiro estágio. “Trabalho no HBP desde o primeiro ano da faculdade, quando iniciei o estágio voluntário na obstetrícia e, algum tempo depois, na área de neurocirurgia. Passei alguns anos estudando fora do País, mas quando voltei fui convidado para ser preceptor da residência médica em neurocirurgia, em um programa do HBP em convênio com a Universidade do Estado do Pará (Uepa)”, conta.

Edmundo diz que é preciso exercer a medicina todos os dias. “Para mim, ser médico é a oportunidade de ser solidário. O nosso cotidiano, de pessoas da área da saúde, é dar as mãos e ajudar pessoas que passam por uma enfermidade. Exerço a profissão há 36 anos e me sinto muito realizado por todas as vidas que já salvei. Eu me dedico ao meu paciente, escuto com atenção, sempre procurando decifrar o melhor tratamento para cada situação”, afirma o neurocirurgião.

Dr. Edmundo Luis Pereira iniciou o estágio em Medicina na Beneficente e hoje soma 36 anos de carreira (Divulgação)

Segundo ele, a pandemia é um dos momentos de maior desafio. “Exercer a medicina durante a pandemia foi um momento de muita preocupação. O medo de contaminar os familiares e de se contaminar é muito grande, mas não fiquei afastado das minhas atividades nem no período de maior pico da doença. É gratificante continuarmos exercendo nossa missão, que é cuidar das pessoas”, acrescenta.

Motivação

A medicina requer dedicação e muito estudo, em todas as áreas, porque lida com vidas, não só a da pessoa doente, mas de toda uma família. A médica reumatologista do Hospital Beneficente Portuguesa, Raissa Barbosa, diz que a motivação para ser médica é o desafio. “O que me impulsiona é o desafio de lidar com alterações orgânicas e doenças desafiadoras. Considero um desafio interpessoal, pois é muito difícil conhecer alguém em um momento de doença. É preciso estar em constante reciclagem e estar disposto a aprender todos os dias com a equipe multidisciplinar e também com os pacientes”, afirma a médica.

Dra. Raissa Barbosa afirma que exercer a medicina é um grande desafio. Na foto, com o colega de trabalho, Dr Heder Souza. (Divulgação)

Para  Dra. Cássia Watrin, médica especialista em clínica geral, o Dia do Médico não é apenas uma data e é importante ser lembrada todos os dias. “Na verdade precisamos lembrar e honrar sempre o nosso juramento e comprometimento com o nosso paciente, então todos os dias são dias de levantar e tratar as dores da população. A rotina pode, muitas vezes, ser exaustiva, como as pessoas podem ver na pandemia. Muitas vezes deixamos nossos familiares para cuidar dos nossos pacientes, sem importar datas festivas ou feriados”, pontua.

Dra. Cassia Watrin reforça a importância em honrar a profissão diariamente. Na foto, com o Dr. Cleiton.(Divulgação)

 

O Dia do Médico é comemorado por todo o Hospital Beneficente Portuguesa. A instituição compreende que a profissão que faz, junto com os outros profissionais, o hospital realizar as atividades que se propõem com qualidade e eficiência. 

Para conhecer mais sobre os serviços e exames realizados nas unidades hospitalares da Beneficente Portuguesa, clique aqui

Serviço

Complexo Hospitalar da Beneficente Portuguesa 

Urgência e Emergência
(91) 3215-4325
(91) 3215-4414

Unidade Hospital D. Luiz I
Av. Generalíssimo Deodoro, 868

Unidade Hospital São João de Deus
Rua Boaventura da Silva, 895

Contato: (91) 3215-4444

Redes Sociais: @beneficenteportuguesaoficial

Site: beneficenteportuguesa.com.br 

Conteúdo patrocinado
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!