ITV: geração de conhecimento na Amazônia

Instituto foi criado há 10 anos pela Vale

Eduardo Rocha

Em Belém, o Instituto Tecnológico Vale (ITV) trabalha com o propósito de gerar oportunidades para a obtenção de conhecimento sobre o uso sustentável de recursos naturais, a partir da tríade: pesquisa, educação e empreendedorismo. Criado pela Vale, o ITV, no Pará, se volta especialmente para o maior bioma brasileiro, a Amazônia, fomentando a produção científica e investindo em sua aplicação prática para o desenvolvimento social, econômico e ambiental da região.

"Nossas pesquisas estão direcionadas, principalmente, aos diversos aspectos da mineração neste imenso bioma que é a Amazônia, onde os desafios para seu progresso são proporcionais à sua extensão territorial e grande biodiversidade. Geramos informações importantes para o licenciamento e manejo dos recursos naturais nos territórios adjacentes e comunidades das áreas onde a Vale atua" — José Oswaldo Siqueira, diretor científico do ITV

As pesquisas do instituto abordam aspectos diversos da mineração, contribuindo com esforços direcionados à conservação da biodiversidade, segurança ambiental e desenvolvimento social. Os temas pesquisados têm abordagem interdisciplinar em recursos naturais e meio físico, biodiversidade e serviços ecossistêmicos, ecologia das cangas e cavernas, genômica e genética da paisagem, florestas, rios e clima, recuperação ambiental de áreas degradadas, socioeconomia, sustentabilidade e computação.

Siqueira explica também que “os projetos são induzidos e buscam contribuir para o uso eficiente dos recursos naturais, para obtenção de licença técnica e social para operar e garantir impacto líquido positivo ao meio ambiente, com propósito de gerar riquezas e benefícios compartilhados com a sociedade”.

ENSINO

(Arquivo VALE AS)
Legenda (Arquivo VALE AS)

Para contribuir com a formação de recursos humanos na Região Norte do Brasil, o ITV criou o Mestrado Profissional em "Uso Sustentável de Recursos Naturais em Regiões Tropicais" com duas áreas de concentração: Socioeconomia e Sustentabilidade na Mineração e Uso Sustentável dos Recursos Biológicos.

O curso foi reconhecido pela CAPES em 2012 e está em sua sexta turma, em sistema semipresencial. Em 2019, foram oferecidas 35 vagas. Para dar mais aderência do curso de pós-graduação às iniciativas do Programa do Estado do Pará 2030 e às políticas da Vale, o IT V criou uma ação especial denominada Programa de Mestrandos Residentes Pará. Esta iniciativa está vinculada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS) e destina dez bolsas de estudo para candidatos residentes do estado que desenvolvam pesquisas nos temas dos 17 ODS.

Os mestres formados devem apresentar capacidade de análise crítica e visão sistêmica dos temas abordados. Até agora, o mestrado profissional já formou 60 alunos.

POR DENTRO DO ITV

(Arquivo VALE AS)
(Arquivo VALE AS)

Ainda em 2019, a Vale lançou a série "Por Dentro do ITV", que apresenta algumas das pesquisas realizadas pelo instituto no Pará. Conheça o conteúdo no LibPlay.

Para saber mais sobre o ITV, acesse itv.org.

Publieditorial
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM PUBLIEDITORIAL