Hydro investe em desenvolvimento social

Apoio a agricultores familiares, programa de estágio e fomento a startups estão entre as iniciativas da companhia para contribuir com as comunidades locais

Publieditorial

A atuação da Hydro no Pará envolve, além da extração da bauxita, do refino da alumina e da produção diária de alumínio, uma série de programas com o objetivo de promover uma transformação social na região, oferecendo apoio a negócios locais, fomento ao desenvolvimento nos territórios vizinhos e incentivo a soluções inovadoras.

Mais de 250 agricultores familiares, 400 crianças e 40 jovens empreendedores, por exemplo, já foram beneficiados ou participaram dos programas sociais da empresa.

Uma dessas pessoas é a jovem Kaellen Ribeiro, proprietária de um terreno às margens do rio São Francisco, em Barcarena.

Com o programa EmBarca Amazônia 360°, que busca desenvolver ações de educação empreendedora para jovens entre 18 a 29 anos, Kaellen encontrou motivação para realizar um antigo desejo: montar o próprio negócio naquele pedaço de terra da família.

Kaellen se inspirou na história do ribeirinho Orlando de Castro Leão, que construiu há 23 anos uma maloca às margens do rio Arapari e, atualmente, oferece serviços como Wi-Fi, lancha para transporte de clientes e trapiche com piscina de água natural.

Kaellen Ribeiro é uma das aproximadamente 700 pessoas beneficiadas pelo programa EmBarca Amazônia 360º (Hydro / Divulgação)

Integrar-se às comunidades locais e somar esforços para oferecer oportunidades de geração de renda aos moradores de Barcarena e Paragominas é um dos compromissos da Hydro.

"Estamos empenhados em fazer uma diferença positiva nos municípios onde atuamos, exercendo nosso papel de bom vizinho e contribuindo para uma sociedade mais viável" — Luana Carvalhosa, gerente sênior de Programas Sociais da Hydro

O EmBarca Amazônia 360°, do qual Kaellen participou, é um exemplo de iniciativa que gerou resultados positivos. Organizado pela Hydro e implementado pelo Centro de Empreendedorismo da Amazônia, o programa é dividido em três etapas.

Em um primeiro momento, os jovens colocam à prova suas ideias e descobrem o potencial pessoal e profissional de cada um. Em seguida, desenvolvem suas propostas e, ao fim do processo, apresentam os planos de negócios sustentáveis a possíveis mentores, investidores ou clientes.

Ao final do primeiro semestre, em Barcarena, os 45 jovens que integraram a primeira turma mostraram o trabalho desenvolvido ao longo do programa.

As propostas se concentraram nas cadeias de turismo, açaí e biodiversidade e foram ligadas ao aproveitamento de resíduos, ao uso sustentável dos recursos naturais e à valorização das comunidades tradicionais e extrativistas.

Agricultura: melhoria no acesso e venda dos produtos

Morador da comunidade Bom Futuro, em Barcarena, Fernando Miguel da Silva tem 88 anos de idade e sempre trabalhou como agricultor. Garantiu o sustento da família ao aprender com o pai como manejar a terra.

Apesar do grande conhecimento adquirido na prática, Fernando foi um dos alunos de capacitação em Negócios Agrícolas do Projeto Amesa, uma iniciativa da Hydro que apoia agricultores de Barcarena e Paragominas a melhorar o acesso e a venda de seus produtos ao mercado local.

Por meio dessa iniciativa, Fernando aprendeu a definir melhor os preços, organizar a produção e a estabelecer as melhores maneiras de vender seu produto.

Capacitação para agricultores em Paragominas (Hydro / Divulgação)

Realizado desde novembro de 2018, o Amesa já atendeu 250 agricultores familiares em Barcarena e 110 em Paragominas.

Tem como principal missão promover a inclusão sustentável de produtos no mercado, em locais como supermercados, hotéis, restaurantes e frutarias.

Além da forte cultura local de grãos, o projeto auxiliará, nas comunidades Uraim, Condomínio Rural e Cachoeira, por exemplo, na certificação da produção de farinha, polpa de frutas e macaxeira.

Tecnologia em prol do desenvolvimento

Fomentar a inovação no Pará é o propósito que move o Shark River, um programa da Hydro, em parceria com o Açaí Valley, que desafia startups locais a desenvolverem soluções arrojadas que respondam aos desafios de negócio e de operação da companhia.

A primeira edição foi realizada em junho deste ano e contou com a participação de oito startups dos segmentos de finanças, industrial, social, gestão de pessoas e serviços.

Programa Shark River (Hydro / Divulgação)

Cada solução proposta foi analisada pela área de Bauxita e Alumina da Hydro.

Depois da escolha das startups com maior sinergia com a empresa, estão ocorrendo etapas de conversas, mentorias e visitas às plantas, a fim de serem elaboradas provas de conceito, que validarão se as soluções agregam valor ao negócio corporativo.

Após essas fases, a expectativa é de contratação das startups selecionadas como fornecedores da Hydro, contribuindo dessa forma com os ecossistemas digitais do Estado.

Programa Shark River (Hydro / Divulgação)

"Muitas vezes, as startups conseguem gerar insights e produtos tecnológicos de forma muito mais rápida e assertiva do que as grandes organizações. Também consideramos estratégico que este relacionamento com os ecossistemas digitais do Pará enriqueça nossos profissionais e nossa cultura organizacional" — Daniel Moraes, gerente sênior de Transformação Digital da Hydro

Atividades culturais e esportivas que transformam

Desenvolvido pela Alunorte, o projeto Trilhando Caminhos é mais uma contribuição da companhia para as comunidades de Barcarena.

O programa oferece atividades gratuitas de esporte e de cultura para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, em espaços comunitários e públicos do município.

No primeiro semestre, mais de 400 crianças e adolescentes, entre 6 e 17 anos, participaram da programação, que incluiu apresentações de balé, partidas de futebol, teatro e capoeira, além a venda de comidas e de artesanato pelos moradores das comunidades.

Projeto Trilhando Caminhos (Hydro / Divulgação)

Essas são algumas das iniciativas da Hydro para incentivar o crescimento da região e construir uma agenda positiva para o desenvolvimento sustentável dos municípios onde opera, visando contribuir para uma sociedade mais viável.

Programa de Estágio Talento Infinito: como participar?

Programa de estágio Talento Infinito (Hydro / Divulgação)

De olho na nova geração de profissionais, a Hydro também criou um programa específico para estagiários que buscam aprofundar seu conhecimento nas unidades da Hydro Paragominas, Alunorte, Albras e no escritório corporativo em Belém: o Talento Infinito, cuja primeira turma se formou em agosto deste ano.

O programa é estruturado de forma a contribuir para o desenvolvimento dos jovens, que passam por treinamentos com mentores e reuniões mensais com o RH. Os resultados já começaram a aparecer.

O Talento Infinito foi reconhecido como o melhor programa de estágio desenvolvido por empresa de grande porte no Pará e disputará a etapa nacional do Prêmio Instituto Euvaldo Loudi (IEL).

Além disso, duas estagiárias também foram reconhecidas: Izabella Rendeiro, da Alunorte, como "Estagiária Destaque", e Ana Carolina Amaral, estagiária da Albras, terceiro lugar na mesma categoria.

As inscrições para a segunda turma do programa de estágio Talento Infinito estarão abertas até 20 de outubro deste ano. São 60 novas vagas disponíveis nas unidades da Hydro no Pará e no Rio de Janeiro.

Podem se candidatar estudantes de graduação que estejam cursando a partir do quarto semestre, com previsão de formatura de 2021 em diante.

Para conciliar o estágio com os estudos, a pessoa interessada precisa estudar no turno da noite ou ter disponibilidade para mudança de horário na sua instituição de ensino.

A previsão é de que os estudantes selecionados ao fim do processo iniciem o estágio em 2020. Serão aceitas inscrições de universitários dos cursos de:

• Administração;
• Analista de Sistemas;
• Ciência da Computação;
• Ciências Contábeis;
• Ciências Sociais;
• Comércio Exterior;
• Comunicação Social;
• Contabilidade;
• Direito;
• Economia;
• Engenharias;
• Estatística;
• Geografia;
• Geologia;
• Licenciatura em Química;
• Marketing;
• Psicologia;
• Química Industrial;
• Relações Internacionais;
• Seguros;
• Sistemas da Informação;
• Tecnologia da Informação;
• Entre outros.

As candidaturas podem ser feitas pelo site www.hydro.com.

Já participaram dos programas sociais e iniciativas de apoio ao empreendedorismo da Hydro:

– 250 agricultores familiares, de 24 comunidades em Barcarena, e 110 em Paragominas receberam apoio no projeto Amesa;
– 60 vagas de estágio abertas no programa Talento Infinito;
– 424 crianças e adolescentes, com idade entre 6 e 17 anos, já participaram de atividades gratuitas de esporte e cultura no programa Trilhando Caminhos;
– 8 startups locais apresentaram soluções inovadoras na primeira edição do Shark River;
– 45 jovens empreendedores de Barcarena e Abaetetuba divulgaram seus modelos de negócio no programa EmBarca Amazônia 360°.

Publieditorial
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS DE PUBLIEDITORIAL