Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Fibra oferece cuidados com saúde bucal voltados para idosos

Pessoas com 60 anos ou mais devem redobrar a atenção com sintomas nos dentes e boca. Confira alguns deles.

A Clínica-Escola do Centro Universitário Fibra alia o ensino aos estudantes do curso de Odontologia à extensão, com a oferta de serviços à comunidade. Entre os públicos atendidos estão os idosos, que merecem uma atenção especial quando se trata de saúde bucal. Por conta da pandemia e dos riscos para esse grupo, a triagem é realizada inicialmente de forma on-line e depois é realizado o agendamento para avaliação e tratamento adequados. 

A Odontogeriatria integra a grade curricular do curso de graduação e se torna fundamental, considerando o envelhecimento da população e superação de que perda de dentes é natural da idade. Esse pensamento levou pessoas idosas a serem expostas por muito tempo a procedimentos definitivos como a extração de dentes. 

Professora Giza Miranda destaca que perda dentária pode ser evitada por meio da prevenção (Divulgação / Fibra)

De acordo com Giza Miranda, professora do Centro Universitário Fibra, uma atuação pouco conservadora reforçava essa ideia equivocada de que perder dentes era um processo natural do envelhecimento, assim como a perda de colágeno e da tonicidade muscular em idosos. “No entanto, atualmente sabe-se que a perda dentária está associada a condições patológicas, e que pode ser evitada com práticas preventivas que garantam a manutenção da integridade dos dentes e estruturas associadas, como a higienização adequada da cavidade oral, a utilização de cremes dentais e bochechos com flúor, o consumo de alimentos saudáveis, evitando os ricos em açúcar, e visitas regulares ao cirurgião-dentista”, explica a professora. 

Cuidados

Fatores sociais e demográficos influenciam no perfil de saúde e qualidade de vida do idoso, além de aspectos como alterações provocadas por interações medicamentosas em tratamentos de outras doenças. Idosos e seus cuidadores devem estar atentos a queixas de dores de dente, seja espontânea ou ao mastigar, além da área próxima ao ouvido; sensibilidade ao ingerir alimentos gelados; sangramento gengival; mobilidade dentária; e dificuldade de engolir.  

VEJA MAIS

Fibra retoma atendimento odontológico para crianças de até 12 anos Serviço beneficia a comunidade com o acesso a saúde bucal e fortalece a formação dos alunos por meio da clínica-escola

Tá pensando em fazer Odontologia? Tour virtual permite conhecer infraestrutura do curso Centro Universitário Fibra é referência no Norte do Brasil em Odontologia e possibilita aos alunos aulas práticas desde os primeiros semestres

“Em casos de utilização de prótese, é fundamental observar também a estabilidade e a adaptação na boca, identificar se a prótese está machucando o paciente. Vale ressaltar que a procura pelo odontogeriatra deve ser feita independente da manifestação de sinais e sintomas clínicos, pois é fundamental que os pacientes sejam acompanhados pelo profissional, cuja atuação permite a realização de procedimentos profiláticos, ou seja, de caráter preventivo, além do diagnóstico precoce de alterações bucais”, destaca a professora Giza Miranda. 

De acordo com a coordenadora ajunta de Odontologia da Fibra, Michelle Leal, a instituição prioriza a utilização de materiais de primeira linha. “Atualmente estamos fazendo a ampliação de uma de nossas clínicas, além da implementação da utilização de raio-x digital nas clínicas e microscópios clínicos para realização de alguns tratamentos que têm sua qualidade potencializada com utilização da magnificação ótica”, anuncia a coordenadora. 

Michelle Leal, coordenadora adjunta de Odontologia (Divulgação / Fibra)

Os investimentos são realizados para que os alunos e comunidade usufruam da melhor estrutura possível. “A instituição, a cada semestre, busca implementar inovações nas clínicas e laboratórios, visando o aprendizado dos alunos e oportunizando o contato dos alunos com técnicas e tratamentos modernos, com utilização de tecnologias atuais existentes na Odontologia, sempre com embasamento científico e que, consequentemente, refletem no conforto e longevidade dos tratamentos realizados”, acrescenta a professora Michelle. 

Instituição investe em inovações para oferecer a melhor estrutura a alunos e pacientes (Divulgação / Fibra)

Clínica-Escola 

Em função da pandemia, o Centro Universitário Fibra adotou o pré-atendimento, chamado de tele consulta, com realização de anamnese inicial, para identificar a queixa principal do paciente, bem como buscar saber sobre a saúde geral e sistêmica. Após a tele consulta o aluno agenda a data da consulta presencial e realização do exame clínico intra-oral, em seguida o caso é planejado pelos alunos, sob supervisão dos professores, para início do tratamento.   

Em casos especiais, a instituição solicita carta de liberação do médico que acompanha o paciente, bem como exames prévios, para garantir a segurança durante o atendimento, o bem-estar do paciente e longevidade do tratamento realizado. 

Para ter acesso aos serviços oferecidos na clínica-escola da Fibra é preciso realizar agendamento pelos telefones (91) 98806- 3848 / (91) 3266-3110- ramal 273. Para mais informações sobre o curso clique aqui

 

Conteúdo patrocinado
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!