Virgem de Nazaré recebe homenagens do Banco da Amazônia

Pétalas de rosas, show de fogos e canções marianas marcaram a passagem da maior manifestação cultural e católica do mundo pela sede da instituição financeira

Publieditorial

Um dos momentos de maior emoção durante o Círio de Nazaré, na manhã deste domingo (13) foi a passagem da Berlinda em frente à sede do Banco da Amazônia, na Avenida Presidente Vargas.

(Sidney Oliveira / Banco da Amazônia)

Há mais de 20 anos, a instituição organiza a tradicional programação para o Círio 2019. Com o tema "Fé que inspira vidas e corações", o Banco perpetua suas homenagens por meio de várias ações para mobilizar seus colaboradores e parceiros a fazer o bem e promover o amor.

Para o presidente do banco, Valdecir Tose, as ações realizadas no Círio são formas de demonstrar a fé do povo e do banco promover o desenvolvimento e fomento cultural, social e econômico da região.

(Sidney Oliveira / Banco da Amazônia)

O Círio é um momento muito especial para o povo paraense, que promove a união, o afeto, respeito, fé. É um final de semana único, que inspira milhares de vidas e corações. Entendemos que não temos como ficar de fora desse grande movimento — Valdecir Tose, presidente do Banco da Amazônia

Homenagens

Neste ano, para as homenagens, o Banco da Amazônia presenteou Nossa Senhora e os fiéis com a tradicional chuva de pétalas de rosas, que foram lançadas ao ar por meio de um equipamento especial vindo de Holambra, São Paulo, considerada a cidade das flores por ter a maior produção no Brasil.

(Edney Fernandes / Banco da Amazônia)

A tradicional chuva de pétalas, homenagem realizada todos os anos pela instituição, deixou milhares de fiéis emocionados.

As atrações musicais deste domingo ficaram por conta do Grupo Ama e da banda Anjos de Resgate, com apresentações realizadas no palanque montado no prédio-sede, que recebeu cerca de 200 pessoas entre colaboradores, clientes e parceiros.

(Igor Mota / O Liberal)

A programação, assim como a passagem da Berlinda de Nossa Senhora de Nazaré, foi transmitida ao vivo, em 360°, pelo canal do banco no Youtube. Durante a procissão, como inovação em sua comunicação digital, houve a cobertura de vários flashes no meio dela, ampliando a cobertura para além das fronteiras da empresa, por meio dos perfis do Facebook e Instagram.

O Círio é um patrimônio cultural, faz parte de todos nós que vivemos no Pará. É o maior evento cultural que realizamos. É com muita honra que finalizamos mais uma edição das comemorações e homenagens durante esse período — Ruth Helena Lima, coordenadora de comunicação

Exposição

As homenagens durante o Círio foram encerradas neste domingo, mas o Banco da Amazônia segue com a exposição "As Cores da Fé", aberta até o dia 3 de novembro, no Espaço Cultural do Banco da Amazônia.

(Sidney Oliveira / O Liberal)

A mostra tem autoria da artista plástica Darcilene Batista e traz obras com foco nas cores da festividade nazarena, adaptadas em braille, que permitem a deficientes visuais terem acesso ao conteúdo por meio de um código universal para cores, é o Banco fazendo a inclusão social da sociedade, que é um dos atos mais importantes que existem entre seus valores organizacionais. A exposição é aberta ao público de segunda a sexta, das 9h às 17h.

Negócios
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM PUBLIEDITORIAL