Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Banpará 60 anos: apoio a ações sociais fazem parte da missão do banco

Instituição soma mais de R$ 550 mil em doações anuais para ajudar instituições

O trabalho desenvolvido por entidades filantrópicas tem contado com o apoio financeiro do Banpará. Três deles são a Casa do Menino Jesus, o Centro Nova Vida e a Associação Projeto Ação Sorriso. Os públicos-alvo são crianças em tratamento de câncer ou com deficiência mental e pessoas com dependência química.

O repasse anual para ações sociais soma R$ 550 mil e é usado para custear as despesas com manutenção dos serviços. Segundo o diretor comercial, Jorge Antunes, a aplicação correta do dinheiro é acompanhada regularmente através de visitas e balanços apresentados pelas entidades.

“A gente vê se eles estão desenvolvendo o trabalho e as exigências legais. Esses anos todos, eles têm cumprido. Verificamos, por exemplo, se cumprem a legislação fiscal, trabalhista, normas regulamentadoras da saúde, se têm requisitos para evitar lavagem de dinheiro. Se não estiver de acordo com a missão, não repassamos recursos”, afirma.

Ao solicitar o apoio, as entidades apresentam o projeto para aplicação dos recursos. O dinheiro pode pagar despesas como energia elétrica, folha de pessoal e infraestrutura, tudo o que faz o serviço continuar funcionando para o bom atendimento do público-alvo.

Missão do Banpará 

Para o diretor, a decisão do Banpará apoiar as ações sociais também faz parte de sua missão. “É uma área que, realmente, é gratificante. Você vê que estão fazendo um trabalho com impacto social muito grande. Esse é o papel do banco público. Não é só lucro”, avalia.

A Casa do Menino Jesus é referência no acolhimento de crianças e adolescentes que moram em cidades do interior do Pará ou outros estados e precisam fazer o tratamento de câncer em Belém. Devido à carência financeira, as famílias não têm condições de arcar com a estadia na capital. A entidade é administrada pela Congregação Religiosa Obra das Filhas do Amor de Jesus Cristo.

Doações podem ser usadas em despesas como energia elétrica, folha de pessoal e infraestrutura, entre outras necessidades para o funcionamento e desenvolvimento das atividades na instituição (Acervo Casa do Menino Jesus)

Ao longo de sua história, a Casa do Menino Jesus já atendeu mais de 5 mil crianças e adolescentes. O trabalho é mantido somente com doações. As campanhas são constantes porque, apesar do custeio com infraestrutura, é preciso garantir cestas de alimentos e material de higiene para as famílias atendidas.

No Centro Nova Vida, o apoio do Banpará ajuda a garantir o tratamento de pessoas com dependência química. Um convênio também tem garantido atendimento de funcionários do banco e seus familiares que vivem o drama da dependência. O trabalho do CNV engloba serviços de tratamento em saúde e apoio social. E, ainda, ações de conscientização da sociedade sobre os danos causados pelos tóxicos.

Conteúdo patrocinado
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!