Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Alcoa promove desenvolvimento compartilhado no Pará

Empresa contribui para o futuro das próximas gerações, com um projeto inovador de mineração

Publieditorial

Com um olhar constante para o futuro das próximas gerações, a Alcoa completou 11 anos de operação em Juruti, no Oeste do Pará, com um modelo de mineração integrada à comunidade, vivenciando e contribuindo com melhorias da infraestrutura dos serviços oferecidos à população.

Desde a sua chegada em Juruti, a empresa já gerou mais de R$ 866 milhões em contribuições ao município de Juruti, Estado do Pará e Brasil com o pagamento de royalties e impostos.

Modelo de mineração é integrado à comunidade (Alcoa)

De 2009 a 2019, as operações de Juruti geraram R$ 61,3 milhões em royalties para a Acorjuve (Associação da Comunidade Rural de Juruti Velho), R$ 8,4 milhões em royalties para o Iterpa (Instituto de Terras do Estado do Pará), e mais R$ 90,9 milhões em royalties para a Prefeitura Municipal de Juruti. Também em royalties o Governo do Estado recebeu mais R$ 32 milhões e a União, R$ 16,7 milhões.

De 2006 a 2019, a Alcoa pagou cerca de R$ 222,6 milhões à Prefeitura Municipal de Juruti, R$ 354,8 milhões ao Governo do Estado do Pará, e cerca de R$ 79,6 milhões a instituições federais.

Juruti possui um dos maiores depósitos de bauxita do mundo (Alcoa)

A Alcoa prioriza, também, a rede de negócios locais, que movimenta e fortalece a economia de todo o Baixo e Médio Amazonas. Nesse período, 57% das compras da empresa foram realizadas no estado do Pará.

Atualmente, 2.041 colaboradores diretos e indiretos fazem parte da empresa: 80,6% são paraenses; 40,8% (833) são de Juruti e 11,6% são mulheres.

Desde sua chegada, Alcoa já gerou mais de R$ 866 milhões em contribuições ao município de Juruti ao Estado do Pará e ao Brasil (Alcoa)

Por meio da Agenda Positiva, conjunto de ações voluntárias da Companhia, acordadas diretamente com a comunidade. Em mais de uma década, a Alcoa investiu cerca de R$ 74 milhões, em iniciativas identificadas com a comunidade nas áreas de saúde, educação, segurança pública, assistência social e infraestrutura, em áreas urbanas e rurais.

Conteúdo patrocinado
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM PUBLIEDITORIAL