A logística reversa e a economia circular

Renata Câmara

Você já ouviu falar em Logística reversa? E em economia circular? 

A logística reversa (LR) é um instrumento da economia circular que visa o recolhimento e reaproveitamento de materiais já utilizados no processo de produção, trazendo tais resíduos sólidos de volta ao ciclo de vida ou buscam alguma outra destinação ambientalmente correta. 

A economia circular (EC) é um conceito estratégico que mira na redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia, o processo é dividido em dois grupos, segundo Silva (2017), o grupo dos biológicos: trata-se dos produtos com características biodegradáveis, que ofereçam nutrientes para o meio ambiente gerando impactos positivos tanto a fauna e a flora; podemos citar as empresas que produzem cápsula de café e caneta biodegradáveis, ambas se decompõem contribuindo com nutrientes ao meio ambiente, respectivamente quatro e seis meses; o grupo dos técnicos que exigem investimento em inovação para serem desmontados e recuperados, como os resíduos de informática para remoção de todos os tipos de plásticos e metais. 

De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada mostra que o Brasil perde R$ 8 bilhões por ano ao deixar de processar o resíduo reciclável. E, já dizia Lavoisier “Na Natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”, a famosa frase, está alinhada ao papel da LR na EC, pois nada se cria, mas agrega valor ao produto pós-consumo; nada se perde, pois é reaproveitado os compostos do produto, com a finalidade de revenda do material; tudo se transforma em um material inútil em um novo produto.

Renata Câmara (Arquivo pessoal)

Os principais benefícios socioeconômicos e ambientais da implementação da EC são: o reuso do material de forma a agregar valor de reutilização ao bem de pós-consumo na mesma cadeia produtiva; redução do consumo de água e energia; correta disposição final dos produtos minimizando os danos ambientais; geração de emprego e renda; redução na emissão dos gases do efeito estufa em 2 a 4%; aumento da competitividade econômica; fornecer aos consumidores produtos mais duradouros e inovadores. 

Já as principais dificuldades desmotivação das empresas para implementar o ciclo da logística reversa são: excessiva burocracia: a principal barreira está na necessidade de nota fiscal para a movimentação do material em nível nacional, pois, a maioria das cooperativas não possuem assistência contábil; descarte incorreto de material: é necessário ampliar em campanhas de conscientização ambiental e responsabilidade compartilhada da sociedade, ainda existe a dificuldade em separar os resíduos de forma correta para enviar para as indústrias; logística: a distância territorial no Brasil dificulta, pois, a maioria das indústrias de reciclagem se concentram no Sul e Sudeste do País; pesquisa e tecnologia: as empresas possuem dificuldades em investir em pesquisa e para desenvolver máquinas que colaboram com a segregação do resíduos, e a das máquinas existentes são importadas; investimentos: a reciclagem é um processo industrial que requer custos elevados, especialmente em logística, e suas fontes de receita ainda não são sustentáveis a longo prazo; conhecimento técnico: há falta de profissionais que desfrutem de valência sobre a LR e a EC, que dificulta o desenvolvimento de projetos de reciclagem nas empresas. 

Será que temos responsabilidade nesse processo? Qual o papel dos gestores públicos e das indústrias em desenvolver ações viáveis para contribuir com a logística reversa? Como podemos garantir o almejado desenvolvimento sustentável se a ausência de praticarmos a responsabilidade compartilhada é espantosa? Afinal, tudo depende de nós. Então, faça sua parte! Busque informações. Pratique sua responsabilidade. Seja um protagonista para a economia circular funcionar!

Renata Câmara é cientista ambiental, CEO da Cyclage Soluções Ambientais e idealizadora da plataforma socioambiental Cycla.

Artigos
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!