Vale a pena trocar horas de trabalho por um item de desejo?

Saber quanto custa o tempo laboral pode auxiliar na tomada de decisões financeiras

Jamille Reis

Um simples cálculo matemático para chegar ao valor referente a uma hora de trabalho pode ser essencial para o bolso. Isso porque, ter a consciência de quanto vale a hora laboral ajuda a refletir se vale a pena comprar determinado bem ou serviço. Para o especialista em finanças, investimentos e banking Rodrigo Marinho, ter essa informação faz com que os gastos passem a ser mais conscientes. 
 
"Saber quanto custa a sua hora de trabalho é fundamental para a vida financeira, pois nos faz priorizar o que realmente é importante na hora de consumir", explica Rodrigo, que é supervisor da gerência de tesouraria e finanças do Banco da Amazônia. 
 
Segundo o administrador, para descobrir o valor da hora de trabalho é simples. Basta dividir o salário bruto mensal pelo total de horas trabalhadas no mês. Com a resposta em mãos, é possível comparar o tempo de trabalho necessário para que se possa adquirir um determinado item e, então, avaliar se vale a pena tomar aquela decisão. 
 
Para quem é autônomo, a conta precisa incluir a média das receitas dos três últimos meses, para que haja um parâmetro mais real dos valores que entram e, em seguida, dividir pelo tempo laboral desse período. Em casos de pessoas que tenham a renda muito oscilante, o ideal é refazer este cálculo, da média salarial trimestral, a cada seis meses, já que há uma variante, que pode ser acentuada mês a mês. Em casos em que os valores não têm tanta alteração, basta fazer o cálculo uma vez por ano. 
 
Rodrigo explica que com essas informações é possível se planejar melhor, tanto em decisões de consumo, como de investimento. "Sempre destacamos, em especial, aos profissionais autônomos, a importância de se ter uma reserva financeira, pois eles estão mais suscetíveis aos imprevistos, que pode ser por não ter uma receita em determinado mês como ele esperava, e isso fica mais evidente no momento que estamos vivendo agora, que ter uma reserva de emergência faz toda a diferença", pontua o administrador.
 
NECESSIDADE X DESEJO
 
Ter a consciência do valor da hora de trabalho pode, de acordo com Rodrigo, ajudar a economizar, uma vez que se passa a ter uma referência como base para avaliar se algo está barato ou caro para aquele determinado orçamento. 
 
"As decisões financeiras não envolvem exclusivamente a racionalidade, também há o lado emocional. E quando comparamos o tempo que vamos precisar trabalhar para comprar determinado bem ou serviço, estamos envolvendo-o", explica.   
 
Segundo ele, saber diferenciar necessidade de desejo na hora do consumo também é muito importante. Rodrigo explica que necessidade é tudo aquilo que é indispensável para nossa vida, independente da vontade de se ter aquilo ou não, como alimentação, moradia e saúde. Já desejo é o que se quer ter ou usufruir, sendo que podem ser necessários ou não, como ir para um show e comer em restaurantes caros.   
 
"Precisamos aprender a gerenciar nossos gastos para que eles não ultrapassem 70% de nossas receitas, e também a utilizar o crédito de forma consciente, pois o problema não está em atender a esses desejos, mas sim quando os tornamos necessidade, por isso é importante avaliar se vale a pena trocar várias horas de trabalho por um desejo supérfluo", pondera o especialista. 
 
Todas estas ações ajudam a tomar melhores decisões e alcançar objetivos financeiros, que podem ser comprometidos por pequenos impulsos ou falta de controle e planejamento. 
 
"A dica principal é: planeje-se para as compras. Defina seus objetivos de consumo e faça reservas para cada um deles. É importante lembrar que antecipar sonhos pode sair mais caro do que ser paciente e economizar para realizá-los no futuro, mas também é importante definir prazos para que eles possam se tornar factíveis", sugere Rodrigo

 

Mais Valor
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!