Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Alta da Selic: entenda as consequências do aumento da taxa básica de juros

O Sicredi pode te ajudar a escolher os melhores investimentos para o seu objetivo

Paloma Lobato

A taxa básica de juros da economia, a Selic, é fundamental na vida de qualquer investidor em todos o país. A mesma apresentou aumento no ano passado e, para este ano, a previsão é que hajam novos aumentos, podendo chegar aos dois dígitos.

Criada em 1979 pelo Banco Central, a Selic tem o propósito de tornar as negociações de títulos públicos mais transparentes e seguras. Ela passou a ser utilizada como um sistema de controle das reservas bancárias e como um dispositivo para evitar a finalização de operações em casos de inadimplência de uma das partes negociadoras. 

Quer saber mais sobre sobre investimento em renda fixa em fundos que o Sicredi oferece?

Entre agosto de 2020 e março de 2021, a taxa registrou o menor índice em sua história. Essa diminuição foi motivada pela pandemia da convid-19. O objetivo do Comitê de Política Monetária (Copom) foi estimular a economia em meio à crise causada pelo coronavírus, diminuindo o custo dos empréstimos, além de incentivar os investidores a saírem da renda fixa.

Com a vacinação e a retomada da economia, em 2021, o Copom decidiu pelo aumento de 12,75% da Selic entre janeiro do ano passado e maio deste ano. E a tendência é que essa alta continue até o final do ano. A projeção é que a taxa chegue a 13,25% ao ano no final de 2022. 

Essa alta tem como principal objetivo tentar contar a escalada da inflação no país, que tem sofrido com repetidos choques desde o primeiro impacto da pandemia do coronavírus. Isso vem sendo sentido no bolso do brasileiro, que está pagando mais caro pelos combustíveis, energia e alimentos. 

Faça um teste rápido e descubra qual o seu perfil de investidor! Clique aqui!

Os investidores devem ficar atentos com a alta da Selic, já que a mesma impulsiona o desempenho de investimentos em renda fixa, gerando novas oportunidades para os investidores. Pra quem não quer correr muitos riscos, os títulos mais atraentes são os atrelados à inflação (IPCA). Eles funcionam como uma proteção ao patrimônio do investidor, trazendo uma boa rentabilidade, já que alguns títulos oferece um percentual fixo + a variação do IPCA no período.

Agora, quem deseja correr um pouco mais de risco pode optar por investimentos atrelados ao CDI, que ofereçam taxas além de 100% dp CDI ou até pré-fixados acima de 12% ao ano. Entre esses títulos estão RDC (Recibo de Depósito Cooperativo), LCA (Letras de Crédito do Agronegócio), Fundos de Renda Fixa e Fundos Multimercado. 

Confira uma ferramenta que te ajuda a montar a carteira de investimentos ideal para o seu perfil!

Mas antes de tomar qualquer decisão, fique atento a outras características dos investimentos. Observe o prazo, a liquidez, risco e período de carências dos investimentos. 

O Sicredi pode te ajudar a escolher os melhores investimentos para o seu objetivo. Conheça os investimentos do Sicredi e saiba mais detalhes sobre o assunto!

 

 

Palavras-chave

Sicredi
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!