Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Arquitetura e saúde: saiba como a decoração pode ajudar na saúde física e mental

A biofilia utiliza plantas naturais para criar ambientes aconchegantes

Lorena Saraiva

Você sabia que a decoração de um ambiente pode influenciar na saúde física e mental? O uso de algumas cores e objetos favorecem a criação de um ambiente relaxante e que traz benefícios para a saúde. A arquiteta Pâmela Zagallo conversa mais sobre o assunto e dá dicas para montar uma decoração saudável.

Ela explica que o passo inicial antes de organizar um projeto é conhecer o cliente. O arquiteto precisa conhecer e entender sobre a rotina do cliente, seus hábitos e sua mente. Pâmela ainda complementa que um projeto bem feito é aquele que possui as proporções adequadas e a presença da iluminação faz a diferença e  traz melhorias para a saúde. “Uma iluminação natural faz bem para o ser humano, porque ela atinge ou faz com que a gente produza hormônios do bem-estar”.

Arquiteta Pâmela Zagallo explica sobre arquitetura biofilia e decoração e qualidade de vida (Estúdio Tereza e Aryanne)

Outro fator relevante para a saúde é a implantação da arquitetura biofílica, a perfeita união de elementos da natureza e a construção, dessa forma, promovendo a reconexão com o natural. Esse tipo de arquitetura também ajuda a diminuir os níveis de estresse, estimulando a criatividade da pessoa, oferecendo vários outros benefícios. E pode ser atraves de vegetações, a integração de espaços internos e externos.

Há pesquisas comprovadas que o contato com a natureza promove maior qualidade de vida e que ainda indicam  que as pessoas morem ou frequentem áreas verdes tem 30% menos chance de desenvolver depressão.

O uso de vegetação natural na decoração favorece a saúde física e mental (Designecologist / Pexels)

A iluminação também é um componente importante da decoração e uma das responsáveis pela melhoria da saúde, como destaca a arquiteta Pâmela. “No momento de pensar e projetar a iluminação do ambiente ou espaço, deve se priorizar o conforto visual e a harmonia para o local".

Além da contratação de um arquiteto para a construção do projeto do ambiente, o uso de matérias primas e texturas naturais faz a diferença. A recomendação é investir em texturas como linho, pedra, tijolo e vegetação.

Ainda de acordo com Pâmela há um estudo que indica o investimento em móveis em formatos orgânicos (sofá, mesa e espelho) traz calmaria para o espaço. “Projeto o espaço com formas mais orgânicas e arredondadas, deixa o espaço mais tranquilo, trazendo calmaria para o frenquentar ou morador.”

As cores têm um papel fundamental dentro de uma decoração e são capazes de dar vida e provocar sensações. Se um ambiente precisa expressar tranquilidade, a dica é escolher os tons mais sóbrios, mas se a intenção é preparar um espaço mais agitado, os tons mais coloridos são os mais indicados.

Pamela Zagallo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!