Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Cooperativismo impulsiona desenvolvimento econômico e social no Pará

Empreendimentos cooperativos beneficiam a vida de mais de 1 milhão de paraenses

A ideia de um grupo de 28 operários ingleses durante a ascensão da Revolução Industrial, há cerca de 170 anos, levou ao surgimento de uma perspectiva de geração de riquezas que tem como base princípios como a solidariedade, o bem coletivo e a democracia. Essa é a origem do cooperativismo, um movimento capaz de fomentar a competividade, melhorar as condições de trabalho e ampliar os resultados e a repartição de bens que hoje é uma grande força em todo o mundo.

No Pará, a população cooperativista ultrapassa 1 milhão de pessoas, incluindo os mais de 245 mil cooperados, cerca de 5,2 mil empregados e mais de 760 mil familiares diretos desse público, que estão distribuídos em 245 cooperativas ativas nos diferentes ramos econômicos, como saúde, transporte, consumo, agropecuária e outros. O destaque é o cooperativismo de crédito, responsável por congregar 76,2% do total de cooperados do estado.

Empregando na prática o lema “a união faz a força”, as cooperativas paraenses mostram sinais de resiliência mesmo em tempos de crise e de avanços que contribuem para a economia de todo o estado. Só em 2020, esses empreendimentos somaram um valor total de exportação de R$ 437,1 milhões e, no ano seguinte, alcançaram a marca de R$ 720,7 milhões, o que representa um crescimento de 65%.

Além disso, a Organização das Cooperativas do Brasil (Sistema OCB), registrou no estado um faturamento em torno de R$ 441 milhões e ganhos líquidos de cerca de R$ 29 milhões distribuídos aos cooperados. “Os dados econômicos das cooperativas paraenses mostram que ser cooperativista é ser relevante para as pessoas e para a sua mais legítima forma de representação: a sociedade e o meio onde está inserida”, afirma Ernandes Raiol, presidente do Sistema OCB/PA, destacando que os valores monetários repartidos entre os cooperados são injetados diretamente na economia do estado.

Por conta disso, Ernandes Raiol acrescenta que o cooperativismo se mostra como um “agente responsável por contribuir de forma significativa para a transformação de famílias, especialmente no que tange à melhoria da qualidade de vida, garantia e aumento de renda por meio do emprego pleno e produtivo, do trabalho decente, do acesso a mercados e do empreendedorismo coletivo inclusivo e sustentável”.

O diferencial de ser um modelo de negócio mais justo em que importa o bem comum tem feito também o cooperativismo se destacar cada vez mais como uma alternativa viável, rentável e vantajosa para o apoio a novos negócios. São inúmeras vantagens, todas as alinhadas aos princípios de adesão livre e voluntária, autonomia e independência, interesse pela comunidade, gestão democrática, educação, formação e informação, participação econômica dos membros e intercooperação.

Na prática, as cooperativas se materializam pela união de indivíduos ou grupos com objetivos comuns para que coletivamente tenham melhor participação no mercado, condição de acesso a produtos e equipamentos ou oportunidades de profissionalização, educação e outros serviços, que impactam no aumento da produtividade, dos ganhos e da taxa de sobrevivência dos empreendimentos. Tudo isso sob uma gestão democrática em que todos os cooperados tem voz e voto e participam igualmente da repartição dos lucros.

“Com o apoio do Sistema OCB/PA e de parceiros estratégicos, os empreendedores cooperativistas tem em suas mãos todos os mecanismos e ferramentas de qualidade que são necessários para transformar sonhos em realidade, sem perder de vista os impactos sociais, econômicos, financeiros e ecológicos que geram na sociedade a partir da atividade econômica exercida”, destaca Ernandes Raiol.

Essa é a realidade que faz parte do dia a dia das 245 cooperativas associadas ao Sistema OCB em todas as 12 regiões de integração do estado do Pará. Para saber mais sobre essas e outras vantagens de ser cooperativista, clique aqui.

Ocb
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!