Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

A 2° FENCOOP movimentou mais de R$ 2,5 milhões para cooperativas

Belém sediou a 2° Feira de Negócios do Cooperativismo Paraense de 26 a 28 de abril

Conteúdo sob responsabilidade do anunciante

A quantidade de estandes, os produtos e serviços apresentados e, sobretudo, os negócios fechados na 2ª edição da FENCOOP apontam para uma realidade cada vez mais evidente: o cooperativismo no Pará é gigante. A Feira de Negócios do Cooperativismo Paraense, a única nesse formato em todo o Brasil, recebeu cerca de 15 mil pessoas entre os dias 26 e 28 de abril, na Estação das Docas. Os negócios fechados foram estimados em R$ 2,5 milhões, não considerando a intensa prospecção de novas parcerias iniciadas durante o evento.

Com o tema “Cooperativismo Fortalecendo Negócios”, a FENCOOP promoveu o reencontro das cooperativas do estado após a pandemia e possibilitou o fomento de acordos e negócios entre as cooperativas.

A feira teve como principal objetivo promover o reconhecimento do cooperativismo pela sociedade paraense e evidenciar a influência positiva que ele possui sobre a economia estadual. O evento é uma realização do Sindicato e Organização das Cooperativas Brasileiras do Estado do Pará (Sistema OCB/PA) e conta com a coordenação do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Estado do Pará (SESCOOP/PA).

Esta é a segunda edição da Feira realizada desde sua criação. A 1° FENCOOP ocorreu em 2019 e contou com 30 estandes para 50 cooperativas participantes, o evento também reuniu 5 mil pessoas e movimentou 2,3 milhões de reais para as cooperativas. Na 2° FENCOOP, foram 51 estandes para 68 cooperativas, gerando o número de negócios cooperativistas cresceu para R$ 2,5 milhões.

Pará tem mais de 245 mil cooperados, representando um crescimento de 162% durante a pandemia (Divulgação / Sistema OCB)

Realizar a Feira de Negócios do Cooperativismo após a pandemia da covid-19 foi um desafio para as cooperativas que permaneceram afastadas devido ao distanciamento necessário durante o isolamento pandêmico. O sentimento entre os participantes é também de esperança e retomada devido ao crescimento do cooperativismo paraense durante o período. Desde a FENCOOP de 2019, a população cooperativista teve um aumento de 162%.

“A pandemia da covid-19 foi danosa para todo mundo no mundo todo, para nós não foi diferente. Apesar disso, conseguimos crescer nos ramos de crédito, saúde, segurança, agropecuário e na agricultura familiar. O cooperativismo cresceu em tempos de dificuldade como uma alternativa social para auxiliar a população”, afirma Ernandes Raiol, presidente da OCB/PA.

Segundo o Panorama do Cooperativismo Paraense, em 2019 o estado contava com 215 cooperativas, 93.514 cooperados e gerava 3.854 empregos diretos. Em 2021, o Panorama apresenta 245 cooperativas, 245.169 cooperados  5.262 empregos diretos, o que representa um crescimento de 162% durante a pandemia. O crescimento se deu devido a união de pequenas e médias cooperativas que juntaram forças para superar as adversidades do período e potencializaram suas produções.

Durante a feira, estiveram presentes cooperativas de todos os ramos de atividades econômicas distintas presentes no Pará, como as cooperativas que trabalham com turismo ecológico, energia renovável, coleta seletiva, compras coletivas, mineração, educação, transporte, saúde, crédito e agricultura familiar. Dessa forma, a Feira de Negócios do Cooperativismo cumpre a missão de apresentar todos os negócios desenvolvidos pelo cooperativismo paraense, além de promover um ambiente favorável para a geração de negócios e construção de parcerias estratégicas, que irão apoiar no desenvolvimento do cooperativismo do estado.

“A FENCOOP é um momento muito singular para o cooperativismo paraense. Com ela, as cooperativas conseguem expor os seus produtos, apresentar os seus serviços e realizar negócios entre si, ou seja, promover a intercooperação. Na FENCOOP é possível também mostrar para a sociedade paraense a força que o cooperativismo tem, o quanto ele gera de empregos e de negócios, além do seu potencial de desenvolvimento. Dessa forma, o evento agrega tanto para o cooperativismo quanto para toda a sociedade paraense”, expõe Ernandes Raiol, presidente do Sistema OCB/PA.

Ocb
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!