Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Saiba os benefícios de morar perto de parques ou praças

Excelente localização e amplas áreas verdes são diferenciais do primeiro bairro planejado de Belém

O maior contato com a natureza é hoje um requisito valorizado por quem busca um imóvel. Um estudo da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (ABRAINC) em parceria com a Brain Inteligência Estratégica mostra que 57% dos consumidores buscam imóveis com espaços arejados e integrados com áreas verdes. Esse interesse se justifica por uma série de vantagens que as residências próximas de praças, parque e outras áreas arborizadas trazem para o dia a dia dos moradores.

O primeiro impacto se sente na qualidade ambiental desses imóveis. A vegetação torna o clima muito mais agradável em comparação com locais onde há mais concentração de prédios, cimento e asfalto. Com isso, melhoram as temperaturas mesmo nos períodos de calor mais intenso. Além disso, as árvores filtram o gás carbônico e a poluição, devolvendo um ar mais limpo e puro.

O verde faz parte de todo o projeto do Bougainville Belém. No total, serão mais de 140 metros quadrados de áreas arborizadas (Imagem meramente ilustrativa / Status Engenharia)

Morar perto de áreas verdes favorece também a saúde física das pessoas. Pesquisas internacionais apontam que a incidência de doenças como o diabetes, hipertensão e o excesso de colesterol é menor entre os vizinhos de parques, praças e outros espaços. Isso está relacionado também ao fato de que esses locais facilitam a prática de atividades físicas dos diversos tipos, que trazem impactos diretos para a melhoria da saúde, da disposição e do bom humor.

Vale ressaltar que espaços próximos de áreas verdes são também mais bonitos e agradáveis por conta da integração com a vegetação e a paisagem. Com isso, esses imóveis se tornam mais valorizados e diferenciados diante de outras opções disponíveis no mercado.

Apesar da reconhecida importância das áreas verdes para o bem-estar e a saúde, em Belém apenas uma parcela pequena da população tem acesso a esses espaços. De acordo com a pesquisa mais recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a capital paraense tem apenas 22,4% de área arborizada, sendo que a maior parte delas está localizada longe do centro urbano.

O Bougainville Belém será um refúgio do verde na cidade contando, inclusive, com um bosque de floresta nativa (Imagem meramente ilustrativa / Status Engenharia)

Alinhado com a tendência de valorização do contato com a natureza e com a praticidade e comodidade oferecidas pelos bairros planejados, surge o Bougainville Belém. O empreendimento traz inovações para o mercado imobiliário, se destacando pela beleza e cuidado paisagístico.

São mais de mais de 140 mil m² de áreas arborizadas, incluindo um bosque inteiro de floresta original. Soma-se a isso a estrutura completa, que inclui áreas de convivência e lazer, oito praças, academias ao ar livre, parques infantis, ciclovias, quadras de esportes e outros que recursos que favorecem a prática de exercícios físicos e tornam o Bougainville Belém a escolha perfeita para uma moradia com muito mais conforto e tranquilidade.

Para saber mais sobre essas e outras vantagens de morar no primeiro bairro planejado da capital e na região que mais cresce da cidade, clique aqui.

Grupo Status
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!