Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Curso de Nutrição leva atendimento gratuito à população

Centro Universitário Fibra alia ensino prático aos alunos com benefícios à comunidade

Ao prestar vestibular, o estudante pode enfrentar o dilema da escolha da instituição de ensino que vai cursar. Neste momento, ele avalia várias condições, como as oportunidades que pode ter dentro da universidade, se de fato sairá preparado para o mercado de trabalho e a credibilidade da instituição.

Estudantes da área da saúde, por exemplo, que lidam com pacientes e clientes com objetivo de melhorar a saúde daquele indivíduo, precisam ter uma escolha ainda mais assertiva nesse momento crucial da vida.

“Na hora de escolher o curso levei em consideração a estrutura, o acolhimento que tive quando fui conhecer as instalações, e por ser uma referência em formar profissionais na minha área”, considerou o estudante do oitavo semestre do curso de Nutrição do Centro Universitário Fibra, Daniel Péricles.

A instituição de ensino superior oferta mais dois campos de estágio além dos obrigatórios (em saúde coletiva, clínica, unidade de alimentação), na área de nutrição desportiva, que tem se falado e crescido muito, e na área de empreendedorismo e marketing, possibilitando uma visão mais ampla da nutrição. “As pessoas estão cada vez mais praticando esporte, e buscando aliar o esporte a uma alimentação saudável, então nessa área de nutrição desportiva, os alunos têm vivências em academias, em SPA, dialogam diretamente com praticantes de atividades físicas de rua. Com relação ao outro campo, a ideia é oferecer uma visão empreendedora aliada ao marketing, para aqueles que pretendem ter seu próprio negócio, restaurante, ambulatório, sua clínica”, explica a coordenadora do curso de Nutrição da Fibra, Yonah Figueira.

Yonah Figueira, coordenadora do curso de Nutrição da Fibra, destaca diferenciais do curso de Nutrição da instituição de ensino (Arquivo Pessoal)

Neste sentido, a Universidade ainda aposta em uma matriz pedagógica que tem relação com o que o mercado vem demandando. Hoje, há disciplinas de fitoterapia, nutrição e estética funcional, além de aulas onde o aluno treina sua abordagem de atendimento, postura profissional e vocabulário técnico, realizadas no laboratório de simulação realística de avaliação e nutrição.

“Os alunos amam as práticas nos laboratórios mas nada se compara ao encantamento deles nas práticas com a comunidade. Eles amam colocar em prática com as pessoas aquilo que aprenderam na teoria. Os comentários sempre são muito positivos”, afirma a professora de Avaliação Nutricional, Thayana Moreira.

Professora Thayana Moreira afirma que contato com a comunidade contribue para o aprendizado dos alunos (Divulgação / Fibra)

Serviço à população

Esse contato com a comunidade se dá por meio do Programa Multidisciplinar de Saúde (Promasi) da Fibra, pelo qual é feita avaliação física do paciente, para saber se a pessoa está desnutrida, com obesidade, há verificação de bioimpedância, que é uma verificação da composição corporal em relação à água, a músculos, a gorduras; também é feito atendimento clínico específico a pessoas que já são portadoras de alguma patologia, como a hipertensão; além do atendimento voltado para o praticante de atividade física.

Centro Universitário Fibra oferece exames e consultas especializadas de Nutrição para a população (Divulgação / Fibra)

“A gente sabe que são exames muito específicos e caros, que muitas vezes os planos de saúde não cobrem, então oferecemos esses serviços gratuitamente. A própria comunidade pode solicitar, como igrejas, escolas, pastorais, centros comunitários. Mas no próprio centro universitário também realizamos atendimento ambulatorial gratuito, que atende tanto a comunidade do entorno, quanto quem viu algo pelas redes sociais e apareceu por lá, além dos próprios projetos de extensão, encabeçados pelos professores a cada semestre, para fazer uma investigação científica ou para atender”, explica Yonah.

Humanização

Fazer atendimentos gratuitos, incluir os alunos nesse tipo de projeto, e ainda oferecer o ensino de Libras para quem deseja ter a habilidade de se comunicar com a comunidade surda, são propostas que vão ao encontro de formar profissionais qualificados tecnicamente mas também humanizados. “Hoje sabemos que são inúmeros fatores que influenciam no estado nutricional do paciente, sejam ele psicológicos, econômicos, sociais, culturais, etc., e nós, professores, provocamos a compreensão de todos esses fatores por nossos alunos. Então, durante a avaliação, precisamos observar estas questões que devem ser compreendidas e respeitadas para garantir que a prescrição dietética seja a mais adequada e de acordo com a realidade do paciente. Isto aumenta o envolvimento do paciente no tratamento. Fazer algo que seja possível, dentro da realidade dele. É um exercício de empatia”, declara a professora Thayana.

Instituição tem como foco a humanização em todos os atendimentos (Divulgação/ Fibra)

E mesmo diante da pandemia, que impossibilitou a realização de aulas presenciais, a Fibra ofereceu aulas e suporte aos alunos por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), que já existia antes da pandemia mas que hoje proporciona aulas virtuais em tempo real.

Outro diferencial, no que diz respeito ao ensino à distância, é o contato dos alunos direto com o professor para além da plataforma digital, como pelo WhatsApp e Telegram, desta forma, a instituição consegue estar mais próxima  do discente. 

Interessados no atendimento de nutrição da Fibra podem agendar por telefone, de segunda à quarta-feira: (91) 3266-3110. Documentos necessários: Rg e comprovante de residência.

Fibra
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!