Centro Universitário oferece atendimento jurídico gratuito à população

Os serviços são realizados pelos alunos do 8º período do curso de direito do Uniesamaz

Lorena Saraiva

O Núcleo de Prática Jurídica do Centro Universitário da Amazônia - Uniesamaz oferece  atendimento gratuito em diversas áreas do direito para a população residente em Belém. 

Divórcios, pensão alimentícia, análise de contratos, cobranças indevidas, alvarás judiciais, queixa-crime, interdição e curatela e guarda estão entre os serviços oferecidos e feitos pelos alunos do oitavo período do curso de direito sob a supervisão de advogados e professores.

Os atendimentos são realizados por agendamento, feito pelo número (91) 99328-7624 (WhatsApp) e podem ser solicitados por pessoas que moram em Belém e residentes de Icoaraci, Mosqueiro e Outeiro, com uma renda familiar de até quatro salários mínimos vigentes.

O professor Rafael Aires, coordenador do NPJ, explica que os atendimentos oferecem facilidade ao acesso à justiça. (Divulgação)

O professor e advogado Rafael Aires, coordenador do NPJ, explica que o serviço é uma oportunidade de facilitar o acesso às questões jurídicas. “Apesar do brilhante trabalho realizado pela Defensoria Pública do Estado, muitas pessoas não conseguem ter acesso ao judiciário em razão da insuficiência de recursos financeiros para arcar com as custas processuais e honorários de advogado. Com o oferecimento de atendimento jurídico gratuito à população pelo NPJ/UNIESAMAZ, estas pessoas encontram uma maior facilidade ao acesso à justiça”.

O novo Núcleo de Prática Jurídica foi inaugurado no primeiro semestre deste ano e desde então segue fazendo atendimentos jurídicos à sociedade. 

Serviço:

Atendimento jurídico gratuito à população

Agendamento: (91) 99328-7624 (WhatsApp) 

Local: Núcleo de Prática Jurídica do Centro Universitário da Amazônia  - Uniesamaz - Campus Municipalidade

Rua Municipalidade, 530 - Reduto

Faculdade Esamaz
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!