Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Entenda quais os tipos de estrias e como tratá-las

Associações de tratamentos estéticos são mais eficazes, porém requerem cuidados especiais

Durante o verão, muitas pessoas correm para as clínicas de estética para se sentirem melhor com seus corpos ao se olharem com um biquíni ou com uma sunga. Um dos serviços procurados é o tratamento para estria, aquelas “cicatrizes” em áreas onde há estiramento da pele, que podem surgir nos glúteos, coxas, abdome e costas, por exemplo. Porém é preciso ter cuidado e escolher o momento certo de tratar para não causar danos à saúde da pele.

“O ideal é iniciar o tratamento em um período em que a pessoa não estará exposta ao sol. A maioria dos tratamentos requer que a região seja protegida dos raios solares. Então o ideal é começar o tratamento dois a três meses antes do verão para que os resultados sejam apreciados sem riscos”, explica a fisioterapeuta dermatofuncional Ana Paula Coimbra, que é proprietária da clínica UpCare.

Ana Paula Coimbra, fisioterapeuta dermatofuncional, aposta na associação de tratamentos para amenizar estrias (Ubirajara Bacelar)

Estrias acometem homens e mulheres, porém, com frequência maior em mulheres, e incomodam muita gente por serem aparentes. Inicialmente, elas surgem com uma coloração rosada, e assim que identificadas, o ideal é consultar um especialista para indicar os tratamentos adequados. Quanto mais cedo tratar, melhores serão os resultados.

“Existem vários tratamentos para estria, o ideal é combinar alguns deles para potencializar os resultados”, ressalta Ana Paula Coimbra.

As estrias são divididas entre vermelhas, roxas e brancas. Veja a diferença entre elas:

Estrias vermelhas

As estrias começam como uma inflamação, então elas ganham uma coloração avermelhada e, nesse estágio, são mais fáceis de tratar. O recomendado neste caso é hidratar bastante a região utilizando produtos cicatrizantes. É importante ter acompanhamento especializado para indicar o produto ideal para o uso.

Estrias roxas

O segundo estágio é a coloração roxa e recomenda-se esfoliar a pele, associado ao uso de cosméticos adequados para estrias  três vezes por semana. Nesta fase já se deve procurar profissionais especializados, pois o ideal é iniciar o tratamento antes que as estrias se tornem brancas.

Estrias brancas

As estrias brancas têm um tempo de resposta mais longo ao tratamento, mas podem ser amenizadas com procedimentos estéticos. Ana Paula informa que existem diversos tratamentos e o ideal é ter uma conversa com um especialista para encontrar o que melhor vai atender as necessidades de cada pessoa. "A carboxiterapia é um tratamento para qualquer tipo de estria. Ela regenera a pele e reorganiza as fibras de colágeno e elastina, deixando a pele lisa e uniforme, removendo as imperfeições", informa a fisioterapeuta dermatofuncional.

Há também a vácuoterapia, que não utiliza agulhas. Este tratamento estimula a estria a voltar a ser vascularizada, ou seja, que tenha novamente circulação sanguínea no local. É ideal para estrias brancas e vermelhas.

Tratamentos a laser ou de luz pulsada clareiam as cicatrizes e podem ser associados a outros, como o peeling, que renova e esfolia a pele. Outra opção é o microagulhamento, onde as camadas da pele são perfuradas para estimular o colágeno. Um método parecido, é o eletrolifting, feito com aparelho de corrente microgalvânica, que gera corrente elétrica na região tratada, aumentando a neurovascularização da pele.

A radiofrequência, que é mais conhecida para tratar flacidez e ceulite, também pode ser utilizada. Ana Paula explica que de acordo com o aumento da temperatura, estimula a formação de colágeno e acaba nivelando as estrias.

Procedimentos estéticos ajudam a regenerar a pele e reorganizar as fibras de colágeno e elastina, deixando a pele lisa e uniforme (Divulgação / Up Care)

Além das várias opções de tratamento, na clínica UpCare os profissionais ainda trabalham com o Protocolo Ortomolecular, que consiste na esfoliação e vacuoterapia associadas a produtos ortomoleculares. Ana Paula chama atenção para os cuidados caseiros. “Os tratamentos caseiros isolados, em geral, não apresentam bons resultados. Mas são coadjuvante importantes no tratamento, com o uso de cosméticos adequados e boa hidratação da pele. Os riscos ocorrem quando é feito o uso de ácidos ou produtos abrasivos por conta própria, sem acompanhamento profissional”, pontua.

Prevenção

Controlar a variação de peso e manter a pele hidratada são fundamentais para evitar a formação de estrias. Os cremes são aliados, principalmente nas estrias vermelhas ou roxas, mas sempre com orientação profissional.

Up Care

A Clínica Up Care está localizada na Rua Oliveira Belo (entre Alcindo Cacela e Travessa 14 de Março). A clínica segue obedecendo todas as regras de distanciamento social e higiene, e possui estacionamento para clientes. Conheça mais sobre a clínica no Instagram: @clinica_up_care.

Upcare
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!