Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Metodologia ágil promove desenvolvimento e dinamismo para empresas

Transformação estrutural, operacional e estratégica estão entre os motivos para empresas adotarem o método

Carolina Gantuss e Dayane Baía

Integrar equipes tornando-as mais produtivas e participativas é um desafio para organizações. Para ajudar a solucionar esse desafio, a metodologia ágil (ou agile) tem conquistado executivos de empresas nacionais e internacionais. Estruturado inicialmente para as áreas de desenvolvedores de Tecnologia da Informação (TI), o conjunto de técnicas pode ser aplicado em diversas áreas e segmentos de negócios, como empresas de mídias, como agências e jornais e até em universidades.

Rômulo Pinheiro afirma que método contribui para a melhora contínua da qualidade e traz mais flexibilidade entre as equipes (Arquivo pessoal)

Rômulo Pinheiro, mestre em Ciência da Computação e Scrum Master do Grupo Liberal, explica que os ganhos resultam na melhoria contínua da qualidade. “O método ágil visa aprimorar o processo de entrega, realizando o dobro do trabalho em um menor intervalo de tempo possível, para que o processo se torne mais dinâmico, rápido e eficiente”, pontua.

Os métodos ágeis mais conhecidos são Scrum, XP, Lean, Smart, Design Sprint entre outros, que tem frameworks (estruturas de trabalho) utilizáveis de acordo com a necessidade das organizações. Por ter uma estrutura na qual os projetos contam com uma constante interação do público e stakeholders, seus resultados podem ser o aumento na satisfação do público, melhor comunicação entre os participantes do projeto e os clientes, além do aumento da produtividade e eficiência e redução de custos.“Ser ágil, não é ser rápido, e sim aumentar significativamente a qualidade do produto para o cliente no menor tempo possível”, diz.

Uma vez que o trabalho começa, as equipes passam por um processo de planejamento, execução e avaliação. A colaboração contínua é vital, tanto com os membros da equipe quanto com os stakeholders do projeto. Relatório da Agile Project Delivery Confidence, lançado pela PwC, indica que projetos geridos com metodologia ágil são 28% mais bem sucedidos do que aqueles conduzidos pelos meios tradicionais.

“No modelo tradicional, há um período de tempo dedicado somente ao planejamento antes da execução do projeto. É quando todas as especificações, prazos e responsabilidades são definidos, como por exemplo acontecem quando se constrói uma casa ou um prédio”, explica Rômulo.

Já o modelo ágil define apenas o básico do projeto no começo. “Como esse modelo é dividido em ciclos, ou sprints, cada fase do projeto vai sendo decidido pelo time ágil durante o desenvolvimento. A cada fim de ciclo, ou Sprint, o time ágil discute com a parte interessada do projeto para acompanhar o andamento do projeto, podendo ou não sofrer alterações”, pondera o Scrum Master.

Gestão adaptável 

O gerenciamento envolve basicamente dividir um projeto em várias fases, contando com a colaboração constante das partes interessadas e a melhoria contínua em todas elas. Assim, os processos se tornam mais simples, dinâmicos e interativos, da concepção da ideia até o produto final. Por ter uma estrutura na qual os projetos contam com uma constante interação do público e stakeholders, seus resultados podem ser o aumento na satisfação do público, melhor comunicação entre os participantes do projeto e os clientes, além do aumento da produtividade e eficiência e redução de custos.

“Aplicar metodologias ágeis no ambiente e trabalho permite uma estrutura de gestão adaptável, onde o que prevalece é o empirismo, ou seja, que o conhecimento vem da experiência e da tomada de decisões com base no que é observado, fazendo com que os times possam se adaptar de acordo com o que é praticado no dia a dia de trabalho”.

Segundo o Scrum Master, a flexibilidade e integração de times ágeis dentro de empresas proporcionam adaptações e mudanças repentinas no planejamento, como ajustar prioridades, adiar tarefas e alterar atributos do projeto. De acordo com o relatório de pesquisa 14th Annual State of Agile Report, que estudou empresas que aplicam metodologia ágil, os principais benefícios de adotá-la são:

- Melhor visibilidade nos projetos;

- Melhor alinhamento entre a empresa e seu TI;

- Melhor tempo de entrega e time to market;

- Melhoria na moral dos funcionários;

- Redução de riscos associados aos projetos;

- Maior previsibilidade dos projetos. 

Carreiras Libshop
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!