Metaverso amplia oportunidades profissionais em diversas áreas

Com uma popularidade cada vez maior, ambiente virtual começou a chamar a atenção de empresas e investidores

Carolina Gantuss | Especial para O Liberal
fonte

Metaverso é o nome dado ao ambiente virtual que replica a realidade. É um espaço coletivo, que permite que as pessoas interajam entre si, mas online. E agora, ele começa a dar os primeiros passos no mundo dos negócios. Isso significa que é possível fazer uma transição de carreira e se essa é a sua intenção, é importante ficar de olho nas profissões que podem surgir com o avanço do metaverso.

Esse conceito ganhou mais notoriedade depois da Meta, dona da rede social Facebook, mudar seu nome para acompanhar a tendência de mercado. Esse universo digital movimenta grandes quantias em dinheiro com a venda de terrenos virtuais, marketplaces e até a realização de shows de astros internacionais.

Com a evolução da internet, os hábitos da população mudaram e a tecnologia que chega para facilitar as tarefas do dia a dia, também exige mais aperfeiçoamento.

Segundo especialistas, o mercado de trabalho no metaverso vai ser um reflexo do mundo físico hoje.

Engenheiros, cientistas de dados, estilistas e promotores de eventos levarão sua expertise para essa nova realidade, fazendo com que profissões se adaptem e assumam novos formatos no ambiente virtual.

image Ambiente digital movimenta mercado com a venda de terrenos, marketplace e até shows (Freepik)

Confira, a seguir, algumas profissões do metaverso:

Gestor de Patrimônio e Imobiliário Digital

Como o próprio nome já diz, esse profissional é responsável pela gestão de terrenos e imóveis de seus clientes no metaverso, além de pesquisar sobre as melhores condições de investimento no setor.

Analista de Taxas de Transação Virtual

Esse é o profissional responsável pelas finanças. É ele quem vai fazer as análises sobre as melhores taxas dentro do blockchain. Quem deseja atuar nessa área precisa ter pleno entendimento sobre criptomoedas e NFTs.

Gerente de Segurança da Informação & Riscos

A segurança continua sendo essencial, mesmo (e principalmente) no ambiente virtual. Esse profissional fará a supervisão para que não surjam falhas na segurança das informações presentes na plataforma.

Engenheiro de Tecnologia de Metaverso

Eles irão transformar e construir tecnologia para a solução de problemas.

Desenvolvedores de Avatares

Profissionais capacitados em modelagem 3D vão desenvolver os avatares e consertar possíveis falhas.

Designers de vestuário para avatares

Capacitado em Design, esse profissional é como um estilista, e sua função é personalizar seu avatar e deixar ele muito mais estiloso. Grandes marcas, como Balenciaga e Nike já estão presentes nesse ambiente. Dica bônus: seguindo a linha da personalização, a profissão de influencer também é reconhecida no metaverso.

Cientista de dados

O cientista de dados vai ajudar a manter a sustentabilidade das iniciativas de negócios, a partir da interpretação e da análise de dados. Sendo um ambiente digital, no metaverso vão circular milhões de dados de usuários. Essas informações serão colhidas a partir do comportamento dos consumidores e do uso de acessórios.

Profissional de marketing

De analistas a gerentes, esses profissionais serão importantes para monetizar os produtos e serviços no metaverso. Deverão ficar atentos às comunidades e aos comportamentos dos usuários.

Gerente de produto

É o profissional que vai criar processos e ideias para melhorar a usabilidade de plataformas, acessórios, sistemas e tudo o que estiver envolvido com a vivência do usuário no metaverso. São os profissionais de User Experience (UX).

Terão contato mais direto com os times de desenvolvedores, cientistas de dados e marketing. Toda a empresa que lança produto e/ou uma marca no metaverso vai precisar desse profissional para ser assertiva.

Advogado “digital”

Os temas de legislação e ética no metaverso são muito discutidos. Embora muitos conceitos ainda sejam incipientes, é preciso entender como a sociedade civil vai lidar com crimes digitais: como crime de gênero e raça, por exemplo.

Eis algumas perguntas ainda sem resposta: Como vamos confirmar a identidade das pessoas para responsabilizá-las pelos atos no metaverso? A punição será dada apenas no ambiente virtual ou na realidade física? O autor de crimes será banido do metaverso? Como os três poderes vão atuar nesse ambiente?

Por isso, os recrutadores entendem que advogados especializados no mundo digital serão demandados para auxiliar os processos regulatórios no metaverso.
 

Carreiras Libshop
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!