Volante do Remo explica real problema de saúde da filha e frisa: 'Não tem mais câncer'

Yuri Naves deixou o Clube do Remo para acompanhar a filha em um tratamento na medula

Carlos Fellip

Depois de ter deixado o Remo de forma repentina, o volante Yuri Naves foi às redes sociais para detalhar o motivo real de seu pedido de demissão do clube. Apesar de ter sido por conta de uma questão de saúde da filha, o jogador deixou claro que ela "não tem mais câncer".

Yuri, que tem um casal de filhos, chegou a enfrentar o câncer com a filha, mas reforçou: "Isso foi em em 2016". Na ocasião, por conta do tratamento, a menina teve de tirar um rim.

Neste ano, porém, foi constatada uma alteração na medula da primogênita do jogador e, por ausência de um dos rins, ela não pode tomar remédios. Sendo assim, teve de ser encaminhada para um tratamento no Rio Grande do Sul.

Contratado pelo Remo no meio do campeonato paraense após passagem pelo Mirassol, o jogador  atuou em 26 partidas pelo clube, incluindo o estadual, a Copa Verde, a Copa do Brasil e a Série C do Campeonato Brasileiro, e marcou um gol. Essa foi a segunda passagem dele pelo clube. A primeira foi em 2016.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES