Estádio Mangueirão receberá moradores de rua na luta contra o coronavírus

Pessoas podem fazer doações para as pessoas em vulnerabilidade a partir deste domingo (22)

Fábio Will

Após a paralisação do Campeonato Paraense diante da pandemia de coronavírus, o Governador do Estado do Pará, Helder Barbalho, informou em coletiva de imprensa na tarde deste sábado (21), que o Estádio Olímpico do Pará (Mangueirão), receberá moradores de rua.

“A Seaster (Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda) fará o cadastramento dessas pessoas, para que fiquem numa estrutura que iremos organizar no Mangueirão para abrigá-las. Já falei com a Secretaria de Esportes (Seel), e a direção do Mangueirão está se reunindo com a Polícia Militar. Escolhemos lá porque tem bastante banheiro, tem vestiários, é um espaço amplo e com áreas ao ar livre. Portanto, diminui o risco de transmissão viral”, reiterou Helder.

Para receber os moradores de rua, uma campanha de doação de materiais de higiene e uso pessoal foi lançada. O ponto de apoio para recebimento das doações é no Portão B2 do próprio estádio. A medida foi inaugurada na manhã do doomingo.

O objetivo da ação é estender a mesma medida por outras cidades, as quais o Governo tratou como "municípios-polos" para intensificar a campanha por todo o Estado.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM ESPORTES