Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Micro e Pequenas empresas geram 220 mil empregos em fevereiro, segundo Sebrae

A região Norte contabilizou 20 mil novas contratações

Luciana Carvalho

Micro e pequenas empresas (MPEs) apresentaram saldo positivo de geração de empregos em fevereiro. É o que mostra um levantamento divulgado hoje (07) pelo Sebrae, baseado em dados do novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). As informações são da Agência Brasil.

Segundo a pesquisa, os pequenos negócios foram responsáveis por 220.066 novos postos de trabalho no segundo mês de 2022, chegando a cerca de 67% do volume total, que inclui empreendimentos de todos os portes.

VEJA MAIS

Pará teve saldo positivo de 71 mil empregos em 2021, mostra Caged
Comércio, serviços e construção foram os setores que mais se destacaram no saldo de postos de trabalho

Cooperativismo se destaca na geração de emprego e renda
Mais da metade da população com renda formal no Pará tem como atividade laboral direta ou indireta as cooperativas

O setor de serviços foi o que mais contratou entre os micro e pequenos empreendimentos, somando 134.024 novos empregos. Já a construção civil registrou a abertura de 31.517 novos postos de trabalho.

Melhor desempenho

Entre as regiões brasileiras, as micro e pequenas empresas do Centro-Oeste foram as que obtiveram o melhor desempenho, abrindo 27 mil novos empregos a cada mil já existentes. A região Norte vem em seguida, com 20 mil contratações. Já a região Sul fechou o mês com 17 mil contratações. O Sudeste e o Nordeste, respectivamente, garantiram 14 mil e 12 mil novos postos de trabalho.

De acordo com o Sebrae, no acumulado de 2022, as MPEs criaram 304.525 novas vagas, o que equivale a 63,5% de todo o volume de empregos gerados em 2022.

Apesar do desempenho no mês, o Caged aponta que, no acumulado dos dois primeiros meses de 2021, os micro e pequenos negócios detinham 82,1% do volume de novas vagas. O resultado caiu em 2022, quando as MPEs registraram um índice de 68,7% no volume de novas vagas.

(Luciana Carvalho, estagiária, sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política.)

Empreenda +
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!