Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

O 100º dia do Big dos Bigs mostra o campeão da temporada

Na noite desta terça-feira (4), o público vai conhecer o novo milionário ou milionária da edição

Bruna Lima

O 100º dia do Big dos Bigs chegou e logo mais o público vai conhecer o campeão da temporada. E para marcar esse momento o "Égua do Babado" convidou o paraense Hadson Nery, participante da edição passada do Big Brother Brasil, para falar sobre os últimos momentos do reality. O encontro está marcado para às 17h no instagram de oliberal.com.

Mesmo gostando da edição, Hadson adianta que o Big dos Bigs não supera a edição passada em termos de elenco e acontecimentos. "Essa edição foi muito boa, um sucesso, pois a produção trabalha bastante para o programa ter esse resultado, mas ainda assim não superou a edição de 2020, que teve um elenco único e acontecimentos marcantes", destacou Hadson.

O último programa desta temporada traz Camila de Lucas, Fiuk e Juliette como os finalistas e o público está decidindo quem merece ser o mais novo milionário do país. O favorito de Hadson Nery era Gil do Vigor, que saiu no último domingo, para este resultado o paraense disse que ainda está pensando sobre para quem vai sua torcida.

"Eu estava torcendo pelo Gil, pois foi um cara que se mostrou de verdade. Como ele saiu, ainda não sei para quem vou torcer", completa o ex-bbb. Sobre o acompanhamento do programa, Hadson disse que oscilou, em algumas semanas assistia todos os dias e em outras não. Mas ele disse que foi muito evidente que os participantes da atual edição se pautaram com frequência nos acontecimentos da edição passada.

"Em vários momentos os participantes ficavam falando dos acontecimentos e dos participantes da nossa edição, pois a nossa foi muito marcante", acrescenta o paraense.

Por pouco, mais uma vez Hadson não está em mais um elenco de um reality show da TV Globo. Ele recebeu o convite da produção de "No Limite" e chegou a participar de reuniões e avaliação médica, mas o paraense acredita que por um problema clínico não alcançou a vaga.

Durante o contato da produção do programa com o ex-bbb, ele chegou a falar "minha mãe não vai gostar muito, mas se é da vontade de Deus, vamos para cima, grandão e sem medo", disse.

"Mas acabou que não fui chamado, eles não dizem o motivo, mas acredito que um problema clínico tenha dificultado minha participação. Estou com cálculo renal e como o programa requer muito desgaste físico, acredito que avaliaram que não seria bom pra mim", destacou o Hadybala, como ficou conhecido no BBB 20.

Hadson Nery, 39 anos, é um dos participantes do Big Brother Brasil 2020. O ex-jogador de futebol atuou nas divisões de base do Corinthians e foi revelado pelo Clube do Remo. 

Nery também vestiu as camisas do Paysandu, Paraná, Pinheirense-PA, Brasil de Pelotas, Tuna Luso, Boa Vista-RJ e América-SP. Ele se aposentou em 2014 no Bragantino-PA.

Fora do Brasil, Hadson atuou em Portugal pelos times Alcains, Gondomar e Leiria. Também passou por equipes da Ucrânia e Uruguai. Após sua aposentadoria, ele tirou a licença B de treinador da CBF e exerceu o cargo nos clubes Pedreira-PA, Vila Rica-PA, Ypiranga-AP e Bragantino-PA. 

Durante toda a temporada do Big dos Bigs, o instagram de oliberal.com promoveu encontros semanais para avaliar os paredões. O bate-papo comandado por Gisa Smith reuniu várias celebridades nacionais e locais como Nanny People, Maitê Proença, Andressa Urach e ex-bbb's como Diego Sabado, Patrícia Leite, que passou a coroa para o Nego Di e entre outros participantes.

"Essa temporada foi bem dinâmica, pois conseguimos reunir várias personalidades. Além de artistas e ex-participantes do BBB, conseguimos falar com pessoas próximas aos participantes da atual edição (namorado do João e amiga da Juliete) mostrando que o jogo também afeta as pessoas aqui fora, tanto de maneira positiva como negativa", destaca Gisa Smith.

“O BBB 21, “Big dos Bigs”, foi intenso. As pessoas entraram querendo mostrar quem eram logo na primeira semana e isso prejudicou o entretenimento, que é a principal proposta do programa. Grupos se reunindo contra um só, a humilhação que o Lucas viveu, as consequências psicológicas e financeiras dos participantes do camarote foram completamente diferentes da edição do ano passado”, avalia Gisa.

Mas ela também destaca que foi um programa que trouxe debates importantes como: bissexualidade, homossexualidade, os símbolos do movimento preto, e entre outros assuntos de destaque.

A final

Pela primeira vez em 21 edições, toda a transmissão do encerramento do reality acontecerá diretamente do gramado da casa. De lá, o apresentador Tiago Leifert comandará o último programa da temporada sob o olhar do trio finalista, que assistirá à retrospectiva dos 100 dias de ‘Big Brother Brasil’.

A música está garantida e quem vai comandar a festa serão os participantes desta edição no grupo Camarote, Karol Conká, Projota, Pocah e Rodolffo, junto a seu companheiro de dupla Israel. Eles se apresentarão no mesmo palco de outros artistas que passaram pela temporada.

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA