Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Francisco Campos retorna com 'Pérolas Musicais II' em espetáculo beneficente e cheio de surpresas

Cantor, que também atua como servidor do TJE, fala sobre a importância da música, da justiça e da solidariedade

O Liberal

Unindo arte, justiça e solidariedade, o cantor Francisco Campos, que também é servidor do Tribunal de Justiça do Estado (TJE) retorna com o show "Pérolas Musicais II" com repertório selecionado de clássicos da música paraense, nacional e internacional, além de sucessos do cinema. O espetáculo, que também visa ajudar a Associação ‘Acreditar no Amanhã’, será realizado hoje e amanhã, às 20 horas, no Teatro Margarida Schivazappa. Francisco Campos ainda dividirá o palco com as cantoras Gigi Furtado, Lanna Bastos e Luciana Tavares.

Segundo o cantor, que também atua como assessor da Secretaria de Gestão de Pessoas do TJE, o projeto ‘Pérolas Musicais’ nasceu de uma conversa informal entre amigos. “Estava tomando um café com a cantora e minha amiga pessoal, Gigi Furtado, quando ela me sugeriu para fazer um show, já que fomos colegas de classe de canto lírico na Fundação Carlos Gomes, em Belém. Após quinze dias desse encontro, decidi lançar o projeto “Pérolas Musicais I’. Em setembro de 2019 veio então a primeira apresentação, foi um sucesso, sala lotada e ainda tivemos a oportunidade de fazer o bem através da ‘Associação Acreditar no Amanhã’ que ajudamos com a renda dos ingressos”.

Para o repertório, o cantor garante que o público pode esperar um belo passeio pela música brasileira e estrangeira. “Iniciaremos com grandes compositores paraenses até os clássicos da música popular brasileira. Nessa edição, vamos trazer homenagens aos clássicos do cinema, para os apaixonados pela sétima arte. No final, haverá uma grande surpresa, inclusive vale destacar que o público poderá participar desse momento”, destacou animado.

Ao ser questionado sobre a importância da música e de espetáculos como esse, nesse momento difícil após uma pandemia mais severa, Francisco foi enfático. Para ele, “a música eleva a alma, é aquele momento que a gente conversa com os nossos sentimentos, com as nossas emoções. A gente deixa aflorar aquilo que existe dentro de nós, um pouco de nós está no nosso gosto musical. A pandemia nos trouxe uma série de ânsias, angústias e reflexões. Passamos a pensar sobre as melhores maneiras de viver a vida sabendo que a qualquer momento podemos retomar ao plano superior. Então a música serve como bálsamo para aliviar as tensões e todas as preocupações trazidas pela pandemia e também pela correria do dia a dia. A música cura!”, reforçou.

O espetáculo também terá viés solidário, em prol da Associação ‘Acreditar no Amanhã’, que há sete anos atende cerca de 200 crianças carentes e suas famílias, pertencentes à Comunidade Santana do Aurá, na frente do conhecido lixão do local. A associação é composta por um grupo de magistrados e servidores do Poder Judiciário do Pará que decidiu agir com solidariedade não apenas assistencial, mas estrutural, para dar melhores qualidades de vida para as crianças envolvidas no projeto.

Segundo Francisco, “tudo na vida deve ser feito em princípios de justiça, amor e caridade. A música como uma expressão maior da nossa alma e das nossas emoções também deve fazer parte dessa tríade. Unir justiça e arte é exatamente primar todos os aspectos de princípios e valores morais que precisamos ter para viver bem”, afirmou o servidor do TJE.

Francisco Campos já foi solista na gravação de dois CDs em homenagem à obra do maestro santareno Wilson Fonseca, sendo em um deles acompanhado pela Osquestra Filarmônica de Santarém, além de ter participado de vários recitais interpretando a música brasileira em Belém e outras cidades.

 

Agende-se

“Pérolas Musicais II”

Data: 11 e 12/11

Hora: 20h

Local: Teatro Margarida Schivazappa

Ingressos: R$ 60,00

Mais informações: 98118-3102

Palavras-chave

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA